24.3 C
Rio Branco
29 novembro 2021 10:47 pm

Caso da vacina: MPCE cobra multa de quase R$ 1 milhão de Safadão

A audiência sobre a denúncia de que o cantor e a mulher teriam furado fila aconteceu nesta quinta-feira (28/10)

POR METRÓPOLES/ LEO DIAS

Última atualização em 29/10/2021 17:02

Wesley Safadão, sua esposa, Thyane Dantas e sua assessora, Sabrina Tavares, compareceram a uma audiência nesta quinta-feira (28/10), sobre a acusação de que os três teriam furado a fila da campanha de vacinação contra a Covid-19. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) se manifestou sobre o assunto e, em postagem oficial, revelou a proposta de pagamento de prestação pecuniária de 360 salários mínimos para o cantor, 360 salários mínimos para Thyane Dantas e e 25 salários mínimos para Sabrina Tavares. O valor total é equivalente a cerca de R$ 819,5 mil.

As quantias foram calculadas pelo Ministério Público considerando parâmetros legais e as estimativas da capacidade econômico-financeira de cada um. Contudo, a oferta não foi aceita pelos três e, em contraproposta, os advogados ofereceram ao órgão o pagamento da quantia de 50 salários mínimos, o que também não foi aceito. “Considerando a natureza pública da investigação, o Ministério Público não aceitou o pedido de sigilo de eventual confissão proposto pelos suspeitos. Por fim, em se tratando de acordo, e considerando que o procedimento investigatório criminal não foi encerrado, as negociações ainda podem ser realizadas”, declarou o Ministério Público do Ceará em nota.

Leia mais em METRÓPOLES, clique AQUI! 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!