32.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 2:34 pm

Brasil confirma hegemonia no skate street feminino em 2021

Com representante no pódio Olímpico, domínio na liga mundial e título no X-Games, brasileiras mostram força do país na modalidade

POR METRÓPOLES

Última atualização em 16/11/2021 10:07

O ano de 2021 comprovou a força das mulheres e meninas brasileiras no mundo do skate. Nas principais competições internacionais da modalidade e nas Olimpíadas, onde o esporte atraiu as atenções de todo o mundo, o Brasil teve representantes no pódio e, na maioria das disputas, com uma campeã verde e amarela.

As três skatistas selecionadas para representarem o Brasil nas Olimpíadas: Pâmela Rosa, Rayssa Leal e Letícia Bufoni, foram as campeãs dos principais torneios do mundo do skate.

Volta por cima de Pâmela

A maior prova disso aconteceu no último domingo (14/11), depois que Pâmela Rosa, paulista de 22 anos, foi bicampeã mundial da modalidade no Super Crown, evento que fecha o calendário do Street League Skateboarding, principal evento da modalidade e que foi disputado em Jacksonville, cidade da Flórida nos Estados Unidos.

Pâmela conquistou o prêmio pela 2ª vez consecutiva, já que em 2019 ela também garantiu o título na disputa e igualou o feito de Lacey Baker, vencedora nos anos de 2016 e 2017.

Vale relembrar que o circuito de 2020 foi cancelado por conta da pandemia da Covid-19. Neste ano, o circuito acabou tendo apenas três etapas, e em todas as oportunidades o Brasil teve uma representante na primeira colocação.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.