26.3 C
Rio Branco
20 maio 2022 3:39 pm

Irmãos amarraram pai em árvore e o agrediram a pauladas até a morte, diz delegado

Investigação aguarda o resultado do exame cadavérico para saber a causa da morte da mãe. A polícia apura se homem matou a esposa

POR G1

Última atualização em 26/01/2022 21:32

Os dois irmãos, de 28 e 26 anos, que foram presos suspeitos de matar o pai, de 54 anos, o amarraram em uma árvore e o agrediram a pauladas até a morte por acharem que ele matou a mãe deles, em Caldas Novas, segundo o delegado que investiga o caso, Tiago Fraga Ferrão.

“Encontraram o pai e, já sabendo dos problemas do casal, o interpelaram sobre o paradeiro da mãe, mas ele não quis dizer, então o amarram e espancaram até a morte”, esclareceu o delegado.

Os dois irmãos foram presos na terça-feira (25), mesmo dia em que a polícia achou o corpo da mãe em uma mata da zona rural da cidade. O delegado contou que a mulher, de 47 anos, foi localizada minutos antes da prisão deles.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar sobre o caso. Os irmãos ficaram em silêncio durante o depoimento, conforme o delegado.

“Mataram o pai antes de a mãe ser encontrada. Inclusive, no momento da prisão deles, a gente recebeu a notícia de que ela tinha sido encontrada”, pontuou Tiago Fraga.

A princípio, eles relataram no momento da prisão que o pai era muito ciumento e estaria ingerindo muita bebida alcoólica nos últimos meses por não aceitar o fim do relacionamento. O delegado pondera que a motivação do crime ainda será esclarecida.

Os irmãos tinham passagens pela polícia, segundo o delegado: um por tráfico de drogas e um por homicídio.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.918 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.