25 C
Rio Branco
23 maio 2022 7:30 pm

Petrobras anuncia reajuste de 19% no gás natural a partir de domingo

De acordo com a petroleira, o aumento anunciado nesta sexta-feira (29/4) deve valer até 31 de julho deste ano

POR METRÓPOLES

Última atualização em 29/04/2022 16:34

Petrobras anunciou, nesta sexta-feira (29/4), que o preço de venda do gás natural para as distribuidoras do país terá aumento médio de 19%. Segundo a empresa, o reajuste passará a valer a partir deste domingo (1º/5).

O insumo é usado nas residências que têm gás encanado e também é o mesmo do GNV, para abastecimento de carros. O produto é utilizado inclusive na indústria.

O reajuste divulgado pela Petrobras não tem relação com o preço do gás de cozinha, que teve redução de 5,58% no início do mês.

Reajuste ficará em vigor até 31 de julho

De acordo com a petroleira, o reajuste de 19% anunciado nesta sexta vai vigorar até 31 de julho deste ano.

A Petrobras explica que o novo preço, além de ser determinado pelo valor de venda da empresa e pelos tributos federais e estaduais, tem relação com as margens das distribuidoras (e, no caso do GNV, dos postos de revenda).

A estatal pontua ainda que o aumento se refere ao reajuste trimestral e reflete a variação do preço do gás devido às mudanças nas cotações do petróleo e da taxa de câmbio.

“A atualização trimestral para o gás e anual para o transporte atenua volatilidades momentâneas e assegura previsibilidade e transparência”, informa a empresa.

Leia a íntegra do comunicado da Petrobras

“A partir de 01/05, os preços de venda de gás natural pela Petrobras para as distribuidoras terão aumento médio de 19% em R$/m³, com relação ao trimestre fevereiro-março-abril. O ajuste decorre da atualização com base nas fórmulas acordadas, que vinculam a variação do preço do gás às variações do petróleo brent e da taxa de câmbio. Os preços atualizados ficarão vigentes até 31/07/2022, conforme condição previamente negociada e estabelecida nos contratos firmados.

A atualização trimestral para o gás e anual para o transporte atenua volatilidades momentâneas e assegura previsibilidade e transparência. Os contratos são públicos e divulgados no site da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

A Petrobras esclarece que o preço final do gás natural ao consumidor não é determinado apenas pelo preço de venda da companhia, mas também pelas margens das distribuidoras (e, no caso do GNV, dos postos de revenda) e pelos tributos federais e estaduais. Além disso, o processo de aprovação das tarifas é realizado pelas agências reguladoras estaduais, conforme legislação e regulação específicas.

PETROBRAS”

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por d

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.936 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.