25.3 C
Rio Branco
11 maio 2022 9:02 am

3 histórias inacreditáveis que aconteceram com ganhadores da loteria

Enquanto a maioria silenciosamente recolhe seu prêmio e se dirige à concessionária BMW mais próxima, outras acabam virando notícia

POR ASSESSORIA

Última atualização em 11/05/2022 09:01

Desde sua idealização, a loteria tornou centenas de pessoas repentinamente milionárias ao redor do mundo. Enquanto a maioria silenciosamente recolhe seu prêmio e se dirige à concessionária BMW mais próxima, outras acabam virando notícia.

Ao longo dos anos, houveram algumas histórias incrivelmente curiosas que aconteceram com vencedores de loterias ao redor do mundo. Para saciar sua curiosidade escolhemos as três melhores para compartilhar com você!

Frane Selak e suas 7 vidas

Apelidado de homem mais azarado e sortudo do mundo, o início da vida de Frane Selak soa como um filme de terror. A história do despretensioso professor de música começa em 1962, quando um trem em que ele estava descarrilou e caiu em um rio.

Um ano depois, enquanto voava de Zagreb para Rijeka, a porta do avião estourou, sugando ele e muitos outros passageiros. Selak sobreviveu, caindo milagrosamente em uma pilha de feno, mas outras 19 pessoas morreram.

Quatro anos depois, um ônibus em que ele viajava perdeu o controle e caiu em um rio, matando outras 4 pessoas. Apesar de uma segunda imersão em água gelada, Frane sobreviveu novamente.

Durante os anos que se sucederam muitos outros eventos trágicos ocorreram em sua vida.

Ao fim, o destino esgotou suas tentativas de matar o pobre Frane e, em vez disso, decidiu recompensá-lo com um pouco de sorte com uma vitória na loteria de £600,000 em 2002!

Depois dessa, deu até vontade de conferir os últimos resultados da Mega Sena para ver se sua maré de azar também passou, certo?

A “ganhadora temporária” francesa

Qual é a primeira coisa que você faz quando pensa que ganhou na loteria? O procedimento padrão é checar os números apostados e os números sorteados várias vezes antes de sair comemorando pela casa.

É uma fórmula testada e comprovada que impede as pessoas de cometerem o erro que essa francesa cometeu. Em vez de checar duas vezes, ou fazer qualquer outra coisa sensata, ela pegou sua bolsa e foi imediatamente para as lojas após acreditar que tinha ganhado na loteria.

Embarcando em uma farra de gastos, ela acumulou dívidas no cartão de crédito com roupas de luxo, perfumes e muito mais. Por algumas semanas ela viveu a vida que todos nós sonhamos ao apostar e ganhar na loteria Mega da Virada.

Porém, após um silêncio ensurdecedor das autoridades, seu marido sugeriu que eles verificassem novamente o bilhete. E, surpreendentemente, os números sorteados não eram os mesmo do bilhete que ela havia comprado.

Após o evento, a “ganhadora temporária” teve seu crédito suspenso e teve que renegociar as dívidas que acumulou durante o período de extravagancia.

Ganhando um prêmio ao vivo

Em 1997, Billy Morgan era um motorista de caminhão que morava em um estacionamento de trailers na Austrália. Durante uma de suas viagens, seu veículo se envolveu em um acidente grave.

Reagindo mal a alguns medicamentos, Morgan teve um ataque cardíaco fulminante e ficou clinicamente morto por 14 minutos, antes de entrar em coma por 12 dias.

Felizmente, ele acordou após algum tempo. Na sequência mudou de carreira, ficou noivo e ganhou um carro em uma raspadinha. Isso chamou a atenção da rede de TV local, que deu a ele uma nova raspadinha com a ideia de que ele encenasse seu momento de vitória em uma reportagem.

É nesse ponto, que Morgan saiu do roteiro e disse ao vivo: “Acabei de ganhar $250.000. Eu não estou brincando!” E ele realmente não estava.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.845 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.