23.3 C
Rio Branco
4 julho 2022 9:04 am

Bruna Linzmeyer usa redes sociais para dialogar e construir uma narrativa LGBTQIA+ positiva

o papo com Ecoa, Bruna falou sobre identidade, ativismo e também sobre como gravar em Mato Grosso do Sul despertou ainda mais a sua preocupação com o meio ambiente

POR UOL

Última atualização em 30/05/2022 14:31

Com 2,3 milhões de seguidores no Instagram, Bruna Linzmeyer tem uma voz potente nas plataformas digitais e fala sem medo sobre os assuntos e as vivências que tocam o seu cotidiano, como o mundo LGBTQIA+ e o movimento feminista. A atriz de 29 anos disse a Ecoa que as redes sociais são espaços de intercâmbio que ela aprendeu a valorizar. “Eu não estou ali para ensinar coisas, estou ali para que a gente possa trocar.”

Como uma das primeiras atrizes de sua geração a falar abertamente sobre sua identidade queer, ela reconhece a importância de ocupar um lugar de visibilidade. Embora não seja imune aos ataques no mundo virtual, afirma que essas agressões não tiram a felicidade de quem enxerga beleza, inteligência e potência no mundo LGBTQIA+. O segredo, afirma, é criar ao redor um ambiente positivo de acolhimento. “Cuidar da minha saúde mental é construir uma rede de afeto e carinho, uma espécie de bolha.”

Sem medo de usar o termo “sapatão”, ela explica que entende essa palavra como uma identidade e não apenas como orientação sexual. “Tem a ver com pertencimento de grupo, com uma cultura. É um mundo que faz sentido para mim. É onde a minha identidade é acolhida.”

No papo com Ecoa, Bruna falou sobre identidade, ativismo e também sobre como gravar em Mato Grosso do Sul despertou ainda mais a sua preocupação com o meio ambiente. Ela pôde ser vista recentemente nas telas, no papel de Madeleine, durante a primeira fase da novela Pantanal.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.119 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.