31.3 C
Rio Branco
13 maio 2022 4:13 pm

Caixa volta a pagar R$ 1 mil do FGTS; veja os próximos pagamentos

O calendário de saques do benefício começou a ser pago no dia 20 de abril

POR NOTÍCIAS CONCURSOS

Última atualização em 13/05/2022 16:12

O saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) de até R$1 mil voltará a ser liberado pela Caixa Econômica Federal neste sábado (14). A princípio, de acordo com o cronograma, os nascidos em maio receberão o benefício.

O calendário de saques do benefício começou a ser pago no dia 20 de abril. Na oportunidade, os nascidos em janeiro puderam sacar os valores. Segundo o cronograma, os resgates seguirão até o dia 15 de junho, quando os nascidos em dezembro receberão os valores.

O valor do saque do FGTS é de até R$ 1 mil por trabalhador, considerando o saldo disponível nas contas ativas e inativas do benefício.

Seja como for, em todos os casos o saque extraordinário do FGTS será depositado em Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome do trabalhador.

Calendário de pagamentos

Pagamentos liberados nesta semana:

  • Nascidos em abril: recebem dia 11/05;
  • Nascidos em maio: recebem dia 14/05.

Próximos pagamentos para este mês:

  • Nascidos em junho: recebem dia 18/05;
  • Aniversariantes de julho: recebem dia 21/05;
  • Quem nasceu em agosto: recebem dia 25/05;
  • Os nascidos em setembro: recebem dia 28/05.

Pagamentos que ficarão para junho:

  • Nascidos em outubro: recebem dia 01/06;
  • Aniversariantes de novembro: recebem dia 08/06;
  • Nascidos em dezembro: recebem dia 15/06.

FGTS: Como consultar o valor que vou receber?

Antes de mais nada, a consulta do saque do FGTS ocorre de três maneiras. Uma delas, é via aplicativo oficial do Fundo de Garantia. Além disso, a verificação poderá ser feita nas agências da Caixa e pelo site fgts.caixa.gov.br.

Ademais, vale destacar que apenas pelo aplicativo e nas agências é possível verificar o valor exato que tem a receber.

  • Clique aqui para baixar o aplicativo do FGTS no seu celular Android;
  • Clique aqui para baixar o aplicativo do FGTS no seu celular iOS.

Consulta pelo site do FGTS

Em primeiro lugar, o trabalhador que preferir, pode consultar o saldo do FGTS através do site oficial do Fundo de Garantia. Por lá, será possível saber se o cidadão tem direito ao saque.

Portanto, em caso de resposta positiva, ele também poderá consultar a data de liberação de crédito que será feita pelo Governo Federal.

Portanto, você vai gostar muito de ver:

Consulta pelo aplicativo

Pelo aplicativo, a gama de possibilidades é notadamente maior. O cidadão também poderá saber se há algum saldo em seu nome e também qual será a data do recebimento do benefício, em caso de resposta positiva. Mas além disso, o trabalhador também poderá consultar alguns dados básicos que estão disponíveis.

Por fim, através do aplicativo, o cidadão também poderá informar que não quer receber o saldo do FGTS neste momento. Além disso, é possível também solicitar o retorno do valor creditado para a conta do FGTS.

Posteriormente, o indivíduo poderá usar a conta para atualizar os dados cadastrais e criar a chamada Conta Poupança Social Digital, que servirá para os depósitos.

Sobre o Fundo de Garantia

FGTS é uma reserva financeira para o trabalhador, conforme garantias da CLT. A cada mês, a empresa deposita 8% do valor do salário do funcionário. O saque do dinheiro só acontece em caso de demissão sem justa causa.

Em caso de demissão com justa causa ou então pedido de demissão por parte do funcionário, o dinheiro permanecerá no fundo, porém sem poder ser movimentado. No entanto, os valores também podem ser liberados em situações emergenciais, como acontece neste momento.

 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.863 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.