21.6 C
Rio Branco
25 maio 2022 5:02 am

Sesc-AC realiza lançamento do livro “…e assim também se brinca” e exposição de Jorge do Amaral

Jorge Carlos Amaral de Oliveira, nasceu no Rio de Janeiro, em 23 de julho de 1952, mas despertou para as artes no Estado do Acre

POR ASCOM

Última atualização em 04/05/2022 16:30

O Serviço Social do Comércio – Sesc no Acre realiza o lançamento do livro “…e assim também se brinca” e exposição do artista Jorge do Amaral. O evento será realizado no dia 20 de maio de 2022, no Teatro de Arena do Sesc às 18 horas, e a entrada é franca

Jorge Carlos Amaral de Oliveira, nasceu no Rio de Janeiro, em 23 de julho de 1952. Despertou para as artes no Estado do Acre. Abandonou o curso superior de Geografia para, a tempo integral, lançar mão das mais variadas formas de expressão artística e, através delas, gritar a sua indignação contra as injustiças para com as gentes e as matas.

Ao profissionalizar-se nas artes cênicas, adotou o pseudônimo de João Maiara. Em Portugal, onde morou por vinte anos, passou a ser conhecido por Mané do Café. Fez de tudo nas artes e ainda foi jornalista, professor e animador cultural.

A obra

Os desenhos fazem parte de uma exposição itinerante que começou com o título “Café Criança”, em Rio Branco, Acre, em 1993. Em Portugal, uma réplica dos desenhos ficou a cargo da Associação Cultejo que, para além de várias exposições, produziu o CD ROM “Infantia”.

Em 2010, passou a ser produzida por Eliana Castela e as exposições acompanhadas de palestras e de oficinas de desenho e pintura com café. Em 2014, adotou o título “…e a gente brincava assim!” (nome do projeto de um livro da Editora Ensinamentos, de Brasília).

Já esteve presente (em partes ou completa) em Bolonha, Itália; Havana, Cuba; Londres, Inglaterra; Avignon, Isle sur la Sorgue, Saint-Paul-Trois-Chateaux e Morrières-les-Avignon, França; Lousane, Suíça; Olivenza, Trujillo e Sevilha, Espanha; Amsterdam, Holanda; Loulé (Alte), Porto, Caminha, Castelo de Vide, Tondela, Marvão, Aveiro, Lisboa, Alcochete, Nisa, Peniche, Crato e Vila Velha de Ródão, Portugal e, para além de Rio Branco, em Boa Vista, Viçosa, Araxá, Rio de Janeiro, Petrópolis, Guararema e Santana de Parnaíba, no Brasil e, ainda virtualmente, n’A Estrebaria Artes, na Internet. Também deram azo ao cordel “A Gente Brincava Assim”, do poeta cearense, Stélio Torquato Lima.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.945 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.