31.3 C
Rio Branco
2 julho 2022 5:47 pm

Tapetes no feriado de Corpus Christi em Cruzeiro do Sul; entenda a tradição

Esta data é celebrada anualmente 60 dias depois da Páscoa, sempre na segunda quinta-feira depois do Domingo de Pentecostes

POR JURUÁ ONLINE

Última atualização em 16/06/2022 15:10

Corpus Christi é o nome de uma importante celebração que faz parte do calendário festivo da Igreja Católica. Essa celebração foi inaugurada pela Igreja no século XIII, durante o pontificado de Urbano IV, e foi criada como forma de celebrar um dos pilares do catolicismo: o sacramento da Eucaristia. A comemoração dessa data no Brasil incorporou diversos elementos trazidos pelos portugueses durante a colonização.

O Corpus Christi é uma comemoração religiosa celebrada sempre numa quinta-feira. É feriado apenas nos municípios que assim o determinam, uma vez que não é considerado feriado nacional.

Veja a programação em Cruzeiro do Sul para este 16 de junho:

O que se comemora no dia de Corpus Christi?

Corpus Christi é o nome dado à celebração em homenagem ao sacramento da Eucaristia, realizado como forma de relembrar a morte e ressurreição de Jesus Cristo. Esse sacramento possui dois grandes símbolos: o pão, que representa o corpo de Cristo, e o vinho, que representa o sangue de Cristo. O nome dessa celebração é originário do latim e significa “Corpo de Cristo”.

A Eucaristia é realizada pela Igreja Católica como uma referência à Última Ceia, na qual Cristo compartilhou pão e vinho com seus discípulos, segundo a narrativa bíblica. O sacramento também é realizado como forma de cumprir uma ordem de Cristo de repetir o ato em sua memória. Os católicos acreditam que, durante a consagração dos elementos da Eucaristia, a hóstia (pão) e o vinho passam por um fenômeno chamado transubstanciação, no qual, em essência, tornam-se o corpo e o sangue de Cristo.

No Brasil, as diferentes tradições que compõem a comemoração de Corpus Christi foram herdadas dos portugueses ainda no período colonial. Uma prática muito comum nessa data é a produção de tapetes que trazem representações de imagens religiosas e de acontecimentos marcantes para a fé católica. Esses tapetes são produzidos a partir de uma gama de produtos: borra de café, serragem, areia etc.

Quando surgiu Corpus Christi?

 Corpus Christi é realizado anualmente 60 dias após a Páscoa em homenagem ao sacramento da Eucaristia.
Corpus Christi é realizado anualmente 60 dias após a Páscoa em homenagem ao sacramento da Eucaristia.

O surgimento de Corpus Christi remonta ao século XIII, sendo oficialmente criado pela Igreja Católica por determinação do papa Urbano IV (seu pontificado foi de 1261 a 1264). Os relatos a respeito da criação dessa celebração fazem referência à Juliana de Mont Cornillon como mentora e idealizadora de Corpus Christi.

Juliana de Mont Cornillon era uma freira belga que nasceu nas redondezas de Liège em 1193. Os relatos contam que Juliana começou a relatar ter tido sonhos e visões que abordavam a necessidade de se criar uma festa em celebração à Eucaristia. Naturalmente, Juliana interpretou isso como uma mensagem divina, e seus relatos tiveram grande influência na diocese de Liège.

O bispo dessa diocese (Roberto de Thourotte), comovido com os relatos de Juliana, ordenou a criação de uma festa para celebrar a Eucaristia em 1247 – nunca chegou a presenciar a festa, pois faleceu antes. Outra pessoa dessa diocese que os relatos de Juliana influenciaram foi o arcediago Jacques Pantaleon – a partir de 1261 também conhecido como papa Urbano IV.

Não só os relatos de Juliana tiveram influência sobre Urbano IV, pois registra-se também o acontecimento do Milagre de Bolsena. Nesse acontecimento, um sacerdote chamado Pedro de Praga realizou a celebração da Eucaristia em Bolsena após visitar o papa em Roma. Os relatos contam que durante essa celebração a hóstia consagrada começou a verter sangue.

Em 2018 Procissão de Corpus Christi reuniu duas mil pessoas e pediram fim da violência em Cruzeiro do Sul

Ruas foram enfeitadas com desenhos em alusão a Eucaristia  — Foto: Adelcimar Carvalho/G1
Ruas foram enfeitadas com desenhos em alusão a Eucaristia 

Após o encerramento da missa, os fiéis saíram em procissão pelas ruas da cidade e foram até a quadra coberta do Jardim Amigo da Criança no Morro da Glória. O padre Francisco Nepomuceno, pároco de Nossa Senhora da Glória, diz que objetivo é buscar a benção de Deus para diminuir a violência que vive a cidade.

“Para nós cristãos esta data é muito importante, pois a igreja não vive sem a Eucaristia. Uma vez por ano a igreja realiza esta festa onde Jesus caminha conosco para que possa abençoar nossa cidade que passa por momento difícil de violência”, disse.

Procissão de Corpus Christi reúne duas mil pessoas em Cruzeiro do Sul, diz pároco — Foto: Adelcimar Carvalho/G1
Procissão de Corpus Christi reúne duas mil pessoas em Cruzeiro do Sul, diz pároco — Foto: Adelcimar Carvalho

 

Como a data é comemorada em Cruzeiro do Sul?

Em 2019 mais de 3 mil pessoas foram esperadas para a procissão de Corpus Christi em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Para receber os fiéis, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário montou um tapete com mais de 80 metros com gravuras, que representam a fé dos cristãos.

Os fiéis caminharam mais de 2 quilômetros durante a procissão, logo após, participaram da missa de Corpus Christi. Na saída da igreja de Nossa Senhora do Rosário, os romeiros passaram pelo tapete com as gravuras representativas da tradição cristã.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.102 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.