33.3 C
Rio Branco
17 agosto 2022 11:10 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Dentista sofre infarto e morre durante partida de futebol com os filhos

Socorristas tentaram manobras de ressuscitação durante quase uma hora, mas a vítima não resistiu e morreu no local

POR G1

Um ortodontista conhecido pela paixão por esportes e a profissão morreu após sofrer um infarto fulminante enquanto jogava uma partida de futebol com um grupo de amigos e familiares na noite desta quarta-feira (27), em Campo Grande. Ricardo Lopes, de 51 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu.

Ao g1, Frontino Cardoso Lopes, irmão da vítima, relatou que os dois filhos de Ricardo, de 16 e 19 anos, estavam jogando bola com o pai no momento do acidente.

“Meu irmão era atleta, profissional querido e amigo de todos. Morreu com a bola no pé, fazendo o que gostava. Os dois filhos, de 16 e 19 anos, estavam jogando bola com pai na hora que aconteceu, uma fatalidade tudo isso”, lamentou.

Ricardo Lopes era graduado como cirurgião-dentista pela Universidade do Oeste Paulista Unoeste (1995), especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares pela Unoeste (1996), Cefalometria e Diagnóstico em Ortodontia pela Unoeste (1996), e também em Ortodontia e Ortopedia Facial.

Ricardo também era presidente da Associação Brasileira de Ortodontia de Mato Grosso do Sul (ABOR-MS). Equipes do Corpo de Bombeiros Militar realizaram manobras de Ressuscitação Cardiopulmonar durante 45 minutos. Contudo, a morte do homem foi confirmada ainda no local.

O velório está acontecendo no Cemitério Parque das Primaveras, localizado na avenida senador Filinto Müler, 2211 – Jardim Parati, em Campo Grande. O sepultamento será às 14h.

O corpo de Ricardo será velado das 9h às 14h no Cemitério Parque das Primaveras, localizado na Av. Sen. Filinto Müler, 2211. O sepultamento será às 14h no mesmo local.

Homenagens

Ricardo deixou dois filhos, uma esposa e inúmeros amigos. Nas redes sociais amigos postaram homenagens ao dentista. “Perdemos um grande amigo, um grande pai, excelente ortodontista. Deus abençoe sua família querida”, disse um amigo.

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul (CRO-MS) publicou uma nota de pesar sobre a morte do profissional. “Expressamos nossas condolências e desejamos todo o conforto ao coração da família e amigos”.

Nota de falecimento da CRO-MS — Foto: Reprodução
Nota de falecimento da CRO-MS — Foto: Reprodução
Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.