32 C
Rio Branco
12 agosto 2022 7:49 pm

DiCaprio tuíta em português para denunciar desmatamento na Amazônia

Astro do cinema norte-americano postou mapa com a destruição da floresta nos últimos 3 anos, segundo dados do próprio governo brasileiro

POR METRÓPOLES

Última atualização em 27/07/2022 17:31

O ator norte-americano Leonardo DiCaprio, conhecido por seu ativismo ambiental, usou suas redes sociais para denunciar o desmatamento ilegal na Amazônia brasileira. “Qual a extensão do desmatamento na Amazônia, um dos lugares mais importantes do planeta para pessoas e vida selvagem?”, questionou ele em uma postagem no Twitter nesta terça-feira (26/7).

A publicação teve versões em inglês e em português.

A postagem traz um vídeo do MapBiomas, iniciativa mantida por várias ONGs que atuam na promoção da proteção à natureza. As imagens mostram o avanço do desmatamento ilegal na Amazônia brasileira nos últimos três anos, com base em dados produzidos pelo próprio governo brasileiro com o sistema Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Veja a postagem:

A militância do eterno astro de Titanic (1997) costuma ser motivo para protestos do presidente Jair Bolsonaro (PL) e de seus aliados. Em maio último, por exemplo, o líder brasileiro disse que é melhor que o ator fique calado em relação a questões climáticas do Brasil.

“Somos exemplo para o mundo, tanto é que a Europa está mudando a legislação ambiental. [Mas] Tá lá o DiCaprio botando fotografia de 20 anos atrás”, reclamou Bolsonaro, em sua tradicional conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada.

“O DiCaprio tem que saber que a própria presidente da OMC [Organização Mundial do Comércio] falou que, sem o agronegócio brasileiro, o mundo passa fome. Então, é bom o DiCaprio ficar de boca fechada, em vez de ficar falando besteira por aí”, completou Bolsonaro, na ocasião.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.