21 de junho de 2024

Cineasta brasileiro apadrinha Samaúma, projeto de preservação ambiental no Acre

A área faz divisa com 13 aldeias indígenas e deve contemplar cerca de 150 famílias que moram na região

O cineasta Fernando Meirelles é padrinho de um importante projeto de crédito de carbono no município de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. O projeto leva o nome Samaúma, árvore que pode chegar a 50 metros de altura, popularmente conhecida em todo o Norte do país.

O projeto visa restaurar quatro mil hectares de pasto – Foto: Reprodução

Fernando Ferreira Meirelles,  é um cineasta, ativista, produtor e roteirista brasileiro.  Ele é conhecido principalmente pelo filme Cidade de Deus, lançado em 2002 pela Lumière no Brasil, pelo qual foi indicado ao Oscar de melhor diretor.

Cineasta Fernando Meirelles – Foto: Reprodução

Um levantamento feito sobre a região acerca do  potencial revelou uma área equivalente à cidade de São Paulo, com mais de 80 espécies de árvores, algumas ameaçadas de extinção. O potencial é de retirada de 120 milhões de toneladas de carbono da atmosfera. Além disso, o projeto atende a sete dos Objetivos de desenvolvimento Sustentável.

A área faz divisa com 13 aldeias indígenas e deve contemplar cerca de 150 famílias que moram na região. O projeto visa restaurar quatro mil hectares de pasto, além de buscar o Instituto Socioambiental (ISA) para saber como apoiar as comunidades locais.

Localizada no Acre, o projeto Samaúma pertence a um Fundo de Investimento em Participações (FIP), gerido e administrado pela FRAM Capital. Os créditos de carbono oferecidos pela Samaúma serão certificados pela Verified Carbon Standard (Verra), referência no setor, e que já verificou mais de um bilhão de unidades de carbono emitidas em 88 países ao redor do mundo.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost