18 de abril de 2024

MPAC decide colaborar com a captura de acreanos que fugiram de presídio federal no RN

Essa é a primeira vez que acontece uma fuga no complexo

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) se manifestou nesta quarta-feira (14) a respeito da fuga de dois presos acreanos do Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Sede do Ministério Público do Acre/ Foto: Juan Diaz/ContilNet

Os dois detentos foram transferidos para a unidade no dia 27 de setembro do ano passado, e são apontados por terem participado da rebelião no presídio Antônio Amaro, em Rio Branco, que aconteceu em julho de 2023 e deixou cinco mortos.

LEIA TAMBÉM: Presos envolvidos em rebelião no Acre fogem de presídio federal no Rio Grande do Norte

Em nota, o MPAC ressaltou que está colaborando com as demais instituições para que os foragidos sejam recapturados. Os fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, também conhecido como “Tatu” ou “Deisinho”. Os dois teriam fugido da penitenciária, por uma abertura do teto da cela, durante o banho de sol dos detentos.

Essa é a primeira vez que acontece uma fuga no complexo, que é se trata de um dos cinco presídios federais de maior segurança do país.

Confira a nota do MPAC na íntegra:

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), informa que tomou conhecimento nas primeiras horas desta quarta-feira, 14, da fuga de dois presos acreanos do Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

A pedido do Gaeco, Deibson Cabral Nascimento e Rogerio da Silva Mendonça haviam sido transferidos do Acre, após participação na rebelião no presídio Antônio Amaro, em Rio Branco, que resultou na morte de cinco detentos, em julho de 2023.

O MPAC comunica, ainda, que vem atuando em colaboração com as demais instituições para que os fugitivos sejam recapturados.

Rio Branco-Ac, 14 de fevereiro de 2024

Danilo Lovisaro do Nascimento
Procurador-Geral de Justiça

Bernardo Fiterman Albano
Promotor de Justiça e Coordenador do Gaeco/MPAC

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost