13 de abril de 2024

Deputado pede instalação de estátua na Aleac dedicada a ex-governador cassado pela ditadura

“Covardemente cassado pelo golpe militar”, disse Edvaldo sobre o político

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), líder da Oposição na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), protocolou na sessão desta terça-feira (2), a instalação de uma de uma estátua de bronze no hall da Casa Legislativa, em homenagem ao ex-governador do Acre, José Augusto.

VEJA TAMBÉM: 60 anos do golpe militar: Acre também viveu prisões, torturas e caça às bruxas; relembre a história

Primeiro governador eleito por voto popular do Acre, José Augusto chegou ao poder após a elevação do Acre à categoria de Estado, em 1962.

Edvaldo Magalhães e o ex-governador José Augusto/Foto: Reprodução

“A presente propositura tem o objetivo de reconhecer a trajetória política e de vida do então governador José Augusto de Araújo, que teve o mandato covardemente cassado pela Ditadura Militar em 8 de maio de 1964. José Augusto de Araújo foi obrigado a assinar a carta de renúncia. Com o cargo vago, os deputados estaduais da época reconheceram a vacância, por unanimidade, colocando no cargo o comandante da 4ª Companhia Militar, capitão Edgar Pedreira de Cerqueira Filho”, diz o deputado no pedido.

Na tribuna, Edvaldo disse que a proposta surgiu em alusão aos 60 anos da Ditadura Militar.

José Augusto de Araújo era natural de Feijó, filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o mesmo do presidente João Goulart. Araújo havia vencido a eleição contra um oponente de peso: o senador José Guiomard Santos, autor do projeto de lei que criou o estado do Acre.

O ex-governador tinha o apoio popular, mas teve suas ideias consideradas revolucionárias demais pelos militares da época. Alinhado ao pensamento de João Goulart, Araújo defendia a realização de uma reforma agrária.

Além de ser exilado no Rio de Janeiro, José Augusto de Araújo teve os direitos políticos cassados pela Ditadura por 10 anos.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost