29 de maio de 2024

“Não separei ninguém”, diz suposta pivô da separação de Belo e Viviane

Luciana Picorelli, apontada como a mulher que teria motivado o término do cantor e da atriz, bateu um papo exclusivo com a coluna

Após ser apontada como suposta pivô da separação de Belo e Viviane Araújo, Luciana Picorelli se pronunciou sobre o assunto. Num bate-papo exclusivo com a coluna Fábia Oliveira, a apresentadora contou que, na época, o cantor estava separado da rainha de bateria do Salgueiro. “Não separei ninguém”, disse.

Reprodução

“Eu nem queria estar nessa situação hoje, porque já se passaram tantos anos, né? Mas eu não fui pivô de nada. Eu queria deixar isso claro. Tive um relacionamento com o Belo sim, mas na época, ele já estava vivendo a vida dele e ela a dela. Na verdade, já tinha uma separação ali não declarada”, revelou com exclusividade.

Picorelli, que ficou conhecida como repórter do programa de Wagner Montes, Balanço Geral, na Record TV Rio, completou: “Não separei ninguém. Eu era bem nova, não conhecia ninguém e me arrependo de algumas coisas que fiz por más influências. Por exemplo, na época, ter exposto isso [a relação com Belo]. Me arrependo demais de ter permitido ser influenciada. Hoje ela está casada, feliz e com um filho lindo. E eu também”, ressaltou.

Luciana contou que o relacionamento aconteceu em 2003, antes dele ser preso. Questionada se o famoso havia dito estar separado, a moça se esquivou. “Belo não falava claramente sobre isso, mas dizia que não estavam bem. Sempre. Se eu pudesse voltar ao passado, não teria feito muita coisa, mas infelizmente não posso”, lamentou.

Segundo o colunista Daniel Nascimento, do O Dia, Picorelli chegou a ser presenteada com um carro, dado pelo pagodeiro, mas ela negou: “O Audi era dele. Meu primeiro celular foi ele quem me deu, pra você ver o tempo que faz isso. Eu era bem humilde, eu era bobinha. Vendia cachorro-quente na comunidade do Quitungo [em Brás de Pina, Zona Norte do Rio]”.

Luciana ainda frisou como conheceu o ex-Soweto, através de um amigo do irmão dela. “Eu o conheci no Olimpo na vila da Penha. Eu era dançarina de lambaeróbica”. Sobre ter ido na cadeia visitar Belo, a artista falou ter ido algumas vezes. O ex-casal ficou junto por 5 anos.

Sobre o músico ter arrumado uma vaga para desfila na Estácio de Sá, escola do grupo Ouro do Carnaval Carioca, Luciana Picorelli alegou ser verdade e ainda lembrou que seus assessores eram os mesmo de Viviane. “Foi a primeira vez que desfilei como rainha de bateria”, justificou.

Luciana finalizou a conversa comentando que respeita Viviane Araújo e que quando teve um affair com Belo, nem a conhecia e se defendeu. “Eu sabia que ela morava na mesma casa, mas o que foi me passado e, eu presenciei algumas vezes, foi que estavam casados só para a mídia”, concluiu.

O romance acabou em 2007 e, em seguida, Belo assumiu o namoro com Gracyanne Barbosa.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost