29 de maio de 2024

Com previsão de geada, Região Sul pode ter temperatura abaixo de 0ºC

Com o avanço da frente fria, cinco capitais também podem registrar as temperaturas mais baixas do ano nesta quarta-feira, 15

Após o enfraquecimento parcial do bloqueio atmosférico que atua sobre o país, em razão do avanço de uma frente fria, ao menos cinco capitais devem registrar a menor temperatura do ano nesta quarta-feira (15/5). O Sul é a região em que os termômetros devem ter os menores registros.

Inmet

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Porto Alegre (RS) deve ter mínima de 7°C nesta quarta. Em Florianópolis (SC), a previsão é de mínima de 12°C. As baixas temperaturas previstas para esta quarta também aumentam o risco de geada no Sul do país.

Perigo

  • Os avisos de perigo abrangem o sul do Rio Grande do Sul e a Serra Gaúcha, além da divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina;
  • Alertam para a o risco de perda de plantações, com temperatura mínima que deve variar entre 3ºC e 0ºC.

Perigo potencial

  • Inclui todo o estado do Rio Grande do Sul e a parte sul de Santa Catarina;
  • Nesses locais, há risco de perda das plantações, com temperatura mínima na casa dos 3ºC.

A forte atuação da massa polar no Sul deve fazer com que o dia seja de Sol, com poucas nuvens. Não há previsão de chuva para esta quarta na região.

Recorde de temperaturas

De acordo com o meteorologista da Climatempo, Vinícius Lucyrio, capitais do Sudeste, como São Paulo e Rio de Janeiro, devem ter quedas expressivas nas temperaturas, mas não são esperadas as menores marcas do ano. A capital paulista deve ter mínima de 16°C, enquanto na capital fluminense a mínima deve ficar na casa dos 18°C.

Vinícius destaca que em alguns pontos do sul do Rio Grande do Sul, além das serras gaúcha e catarinense, os termômetros podem registrar marcas abaixo de 0°C. Segundo ele, as capitais que devem ter recorde de menores temperaturas são: Porto Alegre, Florianópolis, Campo Grande, Cuiabá e Rio Branco.

Retorno das chuvas

Com a passagem da frente fria, que tem gerado um alívio rápido do calor e a diminuição das chuvas no Rio Grande do Sul, a previsão é de que as temperaturas voltem a subir no Sudeste e no Centro-Oeste a partir desta quinta-feira (16/5).

Segundo o Climatempo, a chuva também volta a acontecer no Sul do país. Vinicius Lucyrio explica que a chuva retorna ao estado na quinta, mas a condição não deve ser tão extrema quanto a observada nos últimos dias. Os maiores acumulados devem ser registrados no norte do Rio Grande do Sul.

Os volumes de chuva devem ficar na média entre 60 e 100 milímetros no norte do estado. Na região de Porto Alegre, os acumulados devem ficar entre 30 e 50 milímetros.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost