30 de maio de 2024

Vídeo: jararaca gigante aparece em terreno e assusta família

Jararaca encontrada sobre um paredão de telhas media 1,1 metro de comprimento

Uma jararaca “gigante” apareceu em um terreno e assustou os moradores de Jaraguá do Sul na manhã de segunda-feira (13). O comprimento da serpente, de 1,1 metro, também surpreendeu o biólogo Gilberto Ademar Duwe, que fez o resgate do animal. “Olha o tamanho”, disse em um vídeo postado nas redes sociais.

Cobra foi encontrada após se alimentar (Foto: Redes Sociais, Reprodução)

A serpente foi encontrada descansando sobre um paredão de telhas. Segundo o biólogo, esse tipo de animal é comum na região. O que surpreendeu mais foi o tamanho, já que jararacas costumam medir apenas 1 metro, enquanto a encontrada pela família ultrapassava essa medida.

Além do tamanho, a cobra pareceu ainda maior porque estava com a “barriga cheia”. É possível ver que o abdômen do animal está dilatado. Conforme o especialista, a serpente pode ter comido ratos e, naquele momento, descansava.

Apesar de ser uma área urbana, o local é rodeado de mata, o que deve atrair roedores e, consequentemente, cobras.

— Os moradores estavam muito assustados porque nunca tinham visto uma cobra desse tamanho. Eles imaginavam que fosse uma jararacuçu, mas na verdade, é uma jararaca, apesar desse tamanho enorme do animal — conta o biólogo.

Por isso, a família acionou o biólogo, que compareceu ao local e fez o resgate da serpente. Posteriormente, a cobra foi solta novamente na natureza.

Veja vídeo do resgate

O que fazer ao ser picado por uma cobra

Em caso de acidentes com cobras, é recomendado que a pessoa mantenha a calma. Ao ser picado, o indivíduo deve lavar bem o local da ferida com água e sabão, deixar o ferimento elevado, manter repouso e ingerir bastante líquido para se manter hidratado.

Além disso, deverá buscar o quanto antes o atendimento médico em um hospital de referência para atendimento por acidentes ofídicos. O tempo é crucial para garantir o sucesso do tratamento.

Não é preciso se arriscar tentando capturar o animal que causou a ferida, afinal, o médico treinado poderá prescrever o soro antiofídico (responsável por anular os efeitos do veneno) pelos sintomas apresentados.

Não é recomendado cortar ou perfurar o local da picada da cobra. Também não se deve amarrar o local nem fazer garrotes ou torniquetes. Muitas vezes estas medidas podem agravar a situação.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost