Rio Branco, Acre,


Nova ferramenta norteará as ações da PRF nas rodovias

O novo Sistema SIGER 2 permite obter dados a partir de uma gama maior de sistemas

O novo Sistema SIGER 2 permite obter dados a partir de uma gama maior de sistemas
O novo Sistema SIGER 2 permite obter dados a partir de uma gama maior de sistemas

A Polícia Rodoviária Federal reúne nesta semana em Porto Velho, Rondônia, todos os chefes de Policiamento e Fiscalização da Superintendência Regional Rondônia e Acre. A reunião tem como objetivo principal atualizar esses gestores, além dos profissionais responsáveis pela gestão da atividade finalistica na Sede do Órgão. Quanto a nova ferramenta de BI (Business Intelligence), denominada SIGER 2, essa já é a segunda versão da ferramenta e por trazer novas funcionalidades é necessário o treinamento dos gestores envolvidos no planejamento, gestão e execução da estratégia da Instituição.

Segundo o Inspetor Alvarez Simões, superintendente Regional, os novos tempos trazem desafios para indivíduos e instituições e, naturalmente, a melhor forma de enfrentá-los e transformá-los em oportunidades é com conhecimento, planejamento e estratégia.

PUBLICIDADE

O novo Sistema SIGER 2, (Sistema de Informações Gerenciais), permite obter dados a partir de uma gama maior de sistemas e ao mesmo tempo, aprofundar muito mais as análises destes dados, identificando problemas e possibilitando criar soluções efetivas, embasadas em dados amplos e detalhados. Ou seja, com um diagnóstico mais preciso de como e onde está o problema em nossa malha viária, pode-se implementar um plano de ação efetivo para solucionar a questão.

A preocupação da administração da PRF está em fazer mais com menos. Com ações planejadas e devidamente embasadas, ganha a PRF que poderá evitar ações empíricas e a população que contará com a otimização dos recursos humanos e financeiros por parte da PRF, trazendo uma maior sensação de segurança aos usuários das nossas rodovias.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up