Governo diz que 66% dos homicídios ocorridos em 2018 no Acre resultam da ‘guerra entre facções’


Entre 1° de janeiro e 31 de julho deste ano foram contabilizadas 253 mortes intencionais

SAIMO MARTINS, PARA CONTILNET

De acordo com levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp), dos 253 homicídios registrados este ano no Acre, 66,4% resultam da disputa entre facções criminosas rivais pelo controle de território na Capital e nos municípios do interior do estado.

Os dados são relativos a 1° de janeiro e 31 de julho deste ano. Segundo a Sesp, eles revelam ainda uma queda de 8% nos crimes de homicídio em comparação ao mesmo período de 2017, quando foram registradas 275 mortes violentas intencionais.

Disputa pelo controle do tráfico de drogas seria a causa de tanta violência/Foto: reprodução

Redução na capital

Rio Branco registrou 151 homicídios entre 1º de janeiro e 31 de julho deste ano, conforme o estudo da Secretaria de Segurança Pública. No mesmo período de 2017 foram 174 assassinatos – o que equivale a uma diminuição de 13,2% nos crimes dessa natureza.

comentários

Outras Notícias

Veja Também