Rio Branco, Acre,


Ministro Moro parabeniza Acre e estados que criam banco genético com DNA de criminosos

O objetivo dos dados é responsabilizar culpados e identificar autores de crimes por meio de DNA

Peritos do Instituto de Análises Forenses começaram, na última semana, a coleta de material genético de presos condenados no Acre. O ministro Sérgio Moro parabenizou publicamente os estados que começaram esse trabalho.

Sérgio Moro parabeniza Acre/Reprodução

“Parabéns às forças de segurança do Estado do Rio de Janeiro por iniciarem a coleta dos perfis genéticos dos condenados por crimes violentos. Outros estados, como Mato Grosso e Acre, começaram a realizar essa coleta”, disse Moro em fala publicada pelo Jornal do Commercio.

A fala foi reproduzida por grandes sites de notícia. O objetivo dos dados é responsabilizar culpados e identificar autores de crimes por meio de DNA, já que o material será incluído na rede nacional de banco de perfis genéticos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias