Rio Branco, Acre,


Companheira confessa que rapaz da BMW participou de festa e bebeu antes de matar mulher

O Delegado de Polícia responsável pelo caso disse que o inquérito será concluído antes de 30 dias

As investigações que apuraram a morte de Jhonliane Paiva de Souza, de 30 anos, atropelada quando se dirigia ao trabalho por uma BMW conduzida por Ícaro Teixeira Pinto, 33 anos, estão bastante adiantadas.

De acordo com o delegado Alex Dany, o inquérito do caso será concluído antes de 30 dias e encaminhado à Justiça. “Avançamos muitos nos trabalhos. As testemunhas já foram ouvidas e concluímos também a fase de interrogatórios”, disse, na manhã deste sábado (8).

PUBLICIDADE
Ícaro poderá ser acusado de homicídio doloso/Foto: Reprodução

VEJA TAMBÉM: Sem mandado de prisão, motorista de BMW se apresenta à polícia e é liberado

O delegado ressaltou ainda que depende de laudos e perícias para concluir e relatar o inquérito. Só a partir daí será decidido por qual crime o condutor da BMW e o motorista do novo fusca, Alãn Lima, serão indiciados e, também se as pessoas que estavam nos veículos serão responsabilizadas.

Uma das hipóteses é a de que ficou caracterizado o crime de homicídio doloso, ou seja, quando há a intenção de matar. Essa possibilidade ganhou força, principalmente, depois do depoimento da jovem que estava com Ícaro na BMW.

SAIBA MAIS:

Motorista da BMW ficou em silêncio durante mais de duas horas de interrogatório

Segundo envolvido em acidente com BMW nega que estaria fazendo racha

Na delegacia, a mulher que não teve o nome revelado disse que o casal participou de uma festa na noite de quarta-feira (5) e que teria ingerido bebida alcoólica – o que fundamenta a tese de que correu o risco de matar ao conduzir o veículo sob efeito de álcool.

Além desse fato, a disputa de racha praticamente está clara pelas imagens de câmeras de monitoramento colhidas pela Polícia Civil.

Na manhã deste sábado (8) os investigadores da 1ª regional tiveram acesso às imagens de outra câmera que mostra o momento em que Ícaro abandona o carro na Rua Buenos Aires, no Bairro Izaura Parante.

Ainda neste sábado, a BMW passou por uma pericia papiloscópica para a coleta de impressões digitais.

A intenção é fortalecer a afirmação de que Ícaro era o condutor do carro de luxo que atropelou e matou a jovem Jhonliane Paiva de Souza, de 30 anos.

O acidente ocorreu na última quinta-feira (6) na Avenida Antônio da Rocha Viana.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up