Rio Branco, Acre,


Reserva Chico Mendes é destaque em jornal francês: ‘devastada por incêndios’

Le Monde diz ainda que unidade de conservação em Xapuri sofre com o desmatamento

O conceituado jornal francês Le Monde publicou nesta quarta-feira (26) uma reportagem especial sobre a reserva extrativista Chico Mendes, considerada símbolo entre as unidades de conservação por levar o nome do seringueiro e ambientalista assassinado em 1988.

A matéria é intitulada “’Essa reserva perdeu sua razão de ser’: na Amazônia, o sonho despedaçado de uma floresta sustentável” e foi assinada pelo repórter Bruno Meyerfeld, correspondente do veículo no Brasil. Ele foi a Xapuri ver com os próprios olhos a realidade da reserva e seus moradores.

PUBLICIDADE

Segundo o texto, a área, “que viria a ser um exemplo de exploração ecologicamente correta”, está devastada por incêndios e desmatamentos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), as unidades de conservação registraram 274 focos de queimadas de janeiro até esta quarta-feira. Só em agosto, em pleno mês da seca, foram 212 focos.

A Resex Chico Mendes lidera o ranking de unidades que mais queimam, com 53 focos nos quase oito meses deste ano – 29 deles apenas em agosto.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up