Rio Branco, Acre,


Após acusações de assédio, Globo tira do ar programas criados por Marcius Melhem

O humorista foi acusado por assédio moral e sexual por diversas mulheres que trabalhavam com ele

Marcius Melhem  deixou a Globo após ser acusado de assédio moral e sexual por atrizes e outras profissionais que trabalhavam com ele. O caso teve uma nova repercussão com uma reportagem da Piauí que  deu detalhes dos assédios que Dani Calabresa teria sofrido e a forma como a emissora lidou com as acusações. Novos desdobramentos devem estar por vir e, segundo o colunista Fefito, o canal de televisão cancelou os programas criados pelo comediante.

O humorista estava há anos à frente do núcleo humorístico da emissora. Ele foi o responsável por reformular o “Zorra”, que chega ao fim este ano, e também criou outras atrações de sucesso que o público não verá mais na telinha.

O “Fora de Hora”, criação de Melhem,  já estava com a segunda temporada confirmada, mas foi cancelado. Marcius já não gravou como Seu Boneco a temporada atual de “Escolinha do Professor Raimundo” e o programa deve ser encerrado este ano também. O quadro do “Fantástico” “Isso a Globo Não Mostra”, que era supervisionado pelo comediante, também não terá novas edições.

O Canal Viva, que faz parte do Grupo Globo, também estaria se afastando da imagem de Marcius Melhem. A emissora tirou da grade de programação “Os Caras de Pau”, que o acusado de assédio estrela ao lado de Leandro Hassum.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up