Rio Branco, Acre,


OMS diz que nova variante do coronavírus não é mais letal que a anterior

De acordo com diretor-geral da Organização, porém, cuidados devem ser reforçados

Para o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom, a nova variante do coronavírus (Sars-CoV-2) é algo esperado e que, até o momento, não há indícios de que seja mais letal do que a mutação que já conhecemos. Apesar disso, ele reforça que todos os cuidados são necessários.

De acordo com Adhanom, a organização e os países trabalham em conjunto para entender melhor as modificações do vírus e seu impacto na sociedade. “Este ano foi muito difícil para todos nós, mas para os profissionais de saúde, foi muito mais difícil. Neste momento do ano em que muita gente está comemorando, o maior presente que líderes e população podem dar aos profissionais é ter cuidado”, destacou.

A nova variante do vírus foi identificada no Reino Unido e pode ser até 70% mais contagiosa do que a primeira versão do coronavírus, causador da pandemia da Covid-19. Ainda não há confirmação sobre a eficácia da vacina sobre a nova mutação.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up