Rio Branco, Acre,


Bruno se despede do AC após temporada no Rio Branco; relembre trajetória polêmica

Bruno foi condenado em 2013 a 20 anos e nove meses pela morte da mãe de seu filho, a modelo Eliza Samúdio

O goleiro Bruno Fernandes se despediu deste domingo (17) de sua temporada no futebol acreano. O atleta que jogou pelo Rio Branco Futebol Clube teve o contrato reincidido, como já era esperado, e volta para casa.

Em seu Instagram, ele anunciou a despedida e agradeceu a oportunidade recebida em solo acreano. “Aqui encerro meu vínculo com o nosso rio branco ! Quero agradecer primeramente a Deus por essa oportunidade concedida de conhecer o estado do acre ! Agradeço a Deus pela volta ao futebol! Agradeço a cada torcedor ou nao rio branquense pelo carinho e apoio! Sentirei saudades! Nao e uma despedida, mas sim um até breve ! Bjos a todos! Partiu cabo frio !” (Sic), escreveu.

A contratação do goleiro foi recheada de polêmicas ,com protestos desde o início já que ele é condenado por feminicídio,  pelo assassinato da mãe de seu filho, a modelo Eliza Samúdio. Um crime bárbaro que chocou todo o Brasil em 2010, enquanto ele ainda era goleiro do time carioca Flamengo. Segundo as investigações da polícia, o jogador teria jogado o corpo de Eliza aos cachorros de um canil que tem em seu sítio.

Preso desde 2010,  Bruno foi condenado em 2013 a 20 anos e nove meses pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação de cadáver. Em julho de 2019, ele saiu da prisão e foi para o regime semiaberto. No ano seguinte ele foi contratado pelo time acreano. A rede de supermercados Arasuper, principal patrocinadora do time, não resistiu às pressões da internet e retirou o patrocínio. 

Até mesmo um dos sócios proprietários do Rio Branco, se manifestou contra a vinda de bruno para o time. 

A técnica do time feminino do Rio Branco pediu demissão com a chegada do novo contratado.

Em entrevista exclusiva ao ContilNet, Bruninho, filho do goleiro com Eliza, disse que o pai deveria ficar em prisão perpétua pelo crime que cometeu.   A mãe de Eliza, que cria o neto, também questionou a contratação.  Um grupo de mulheres protestou contra a contratação do goleiro condenado por feminicídio.

Glória Perez, também se manifestou, disse que era uma vergonha para o Acre ter sua imagem associada a um  assassino psicopata”.

Em sue perfil no Instagram, Bruno voltou a ser alvo de polêmicas quando publicou uma foto na qual aparece na companhia de 2 cachorros de grande porte, fato que desagradou muitos internautas.

Em setembro, o atleta disse que não se arrependia do crime e, mesmo sem ver o filho todos estes anos, diz que não deve pedir perdão a ninguém.

Bruno, que deu o pontapé inicial à sua volta aos gramados, deve tirar um tempo de férias, mas especula-se que volta a jogar em breve, já que estaria negociando com o Humaitá, no Amazonas.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up