Rio Branco, Acre,


De Pelé a Neymar: conheça a rica história do Santos na Libertadores

Alvinegro praiano tem a chance de conquistar o seu quarto título continental neste sábado (29/1) contra o Palmeiras

Um dos clubes mais tradicionais e vencedores do Brasil, o Santos disputará, neste sábado (30/1), a partir das 17h, no Maracanã (RJ), a sua quinta final de Libertadores, e a primeira contra um rival brasileiro e estadual, o Palmeiras. Caso vença o duelo, o alvinegro praiano se consagrará tetracampeão do torneio continental, se tornando o time brasileiro com maior número de títulos e empatando com os argentinos River Plate e Estudiantes na quarta colocação no ranking dos maiores campeões.

A bem-sucedida história do Santos na Libertadores, aliás, vem desde a primeira participação da equipe no torneio. Em 1962, após ser o campeão da brasileiro do ano anterior, o Peixe venceu o torneio após uma série de três jogos contra o Peñarol,do Uruguai. Coutinho foi o artilheiro santista e da competição daquela campanha, com seis gols, sendo seguido por Pelé, Pepe e Dorval, com quatro gols cada.
Leia mais no METRÓPOLES, clique AQUI! 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up