Rio Branco, Acre,


Secretário de Saúde de Bocalom fala em vacinar crianças contra Covid, mesmo sem indicação

Além dos pequenos não serem do grupo de risco, não há conclusão de testes da vacina neles

O secretário de Saúde de Rio Branco, Frank Lima, parece não saber que a vacina anti-covid-19 é contraindicada para crianças por ainda não ter havido testagem do imunizante nesse grupo.

Pelo menos é o que deixou transparecer em entrevista à TV Gazeta nesta segunda-feira (11), quando informou que vai solicitar ao Ministério da Saúde (MS) a inclusão dos pequenos nos alvos prioritários da vacinação.

A ideia do gestor recém-nomeado é aplicar as doses do imunizante nas crianças que, por ventura, fiquem desabrigadas após uma eventual enchente do Rio Acre.

“A gente pensou na alagação e, em caso de ter que remover essas pessoas, a gente trazê-las já imunizadas, seja de criança até o vovô. Então, a gente já imuniza para diminuir os impactos”, disse.

Além das crianças não terem feito parte dos testes iniciais da vacina, elas não representam uma grande preocupação para a saúde pública no momento porque não costumam desenvolver a forma grave da doença – embora sejam aptas a passar o vírus adiante.

Essa já é a segunda declaração polêmica do secretário em apenas 11 dias de gestão. Na semana passada, ele disse que ninguém escaparia do coronavírus.

“A gente vai retardar ele com máscara, com álcool em gel, com proteção e distanciamento, mas uma hora ele vai chegar”, alertou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up