Rio Branco, Acre,


Edital do IBGE destina quase 800 vagas para os municípios do Acre

Além da remuneração pela produção, o recenseador terá direito a férias e 13º salário proporcionais

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (18) dois editais para contratar temporariamente 204.307 pessoas para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021.

No Acre serão oferecidas 761 vagas, sendo 672 para recenseador, 62 para agente censitário supervisor (ACS) e 27 para agente censitário municipal (ACM), distribuídas nos 22 municípios. Os quadros com a distribuição de vagas estão disponíveis para consulta no site do Cebraspe, empresa organizadora dos processos seletivos.

As inscrições para ACM e ACS começam nesta sexta-feira (19) e vão até 15 de março. Já para recenseador, as inscrições serão realizadas de 23 de fevereiro a 19 de março. Para concorrer a função de recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, o ensino médio. No ato da inscrição, o candidato poderá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa de inscrição (R$ 39,49 para ACM e ACS, e R$ 25,77 para recenseador) poderá ser paga pela internet ou fisicamente em qualquer banco ou casa lotérica.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para ACM e ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. A contratação temporária é regida pela Lei nº 8.745/1993. Resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio. Recenseador terá simulador para estimar remuneração

Os recenseadores são os profissionais que visitarão todos os domicílios do país, entrevistando seus moradores. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados.

No hotsite do Censo 2021 há um simulador em que os candidatos podem estimar a remuneração a ser obtida, com base nos valores pagos por setor censitário nas diferentes localidades do país. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais.

Além da remuneração pela produção, o recenseador terá direito a férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital.

Salário para agente censitário varia de R$ 1.700 a R$ 2.100

São oferecidas 27 vagas para agente censitário municipal (ACM) e 62 para agente censitário supervisor (ACS). Essas duas funções estão no mesmo processo seletivo e exigem escolaridade de nível médio completo.

Para as vagas de nível médio, os mais bem colocados em cada município ocuparão a vaga de ACM, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2021 no município. O ACS, por sua vez, supervisiona as equipes de recenseadores. As remunerações dessas duas funções são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

Além do salário, ACM e ACS terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital.

Ideal é que recenseador more próximo de onde vai trabalhar

As vagas dos dois processos seletivos estão distribuídas entre os 22 municípios do estado. Nos municípios maiores e em áreas remotas, as vagas são oferecidas por áreas de trabalho específicas. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo. Por isso, o ideal é que os recenseadores aprovados no processo seletivo sejam moradores das próprias localidades onde vão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares.

As vagas previstas para Rio Branco estão distribuídas por 6 áreas de trabalho, cujas descrições estão nos quadros de vagas. É importante que o candidato verifique quais bairros compõem cada área para escolha da região em que prefere trabalhar.

Em Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Tarauacá, Feijó e Assis Brasil, foram criadas vagas para candidatos interessados em trabalhar em Terras Indígenas.

Com datas diferentes, candidatos podem participar dos dois processos seletivos

As provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. Elas serão aplicadas no dia 18 de abril para ACM e ACS, e no dia 25 de abril para recenseadores. Essa diferença de datas permite ao candidato participar dos dois processos seletivos. O cronograma detalhado de ambos os processos seletivos está disponível nos editais.

Os candidatos a ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo programático está disponível no edital. O material para estudo de conhecimentos técnicos estão disponíveis no site da Cebraspe.

Já os candidatos a recenseador farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo também está no edital e o material sobre conhecimentos técnicos no site da organizadora do processo seletivo.

As provas para ACM, ACS e recenseador terão duração de quatro horas e serão aplicadas no turno da tarde. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia seguinte a aplicação das provas, a partir das 19 horas, no site do Cebraspe. O resultado final está previsto para 27 de maio.

Protocolos sanitários contra a Covid-19 no dia da prova

No dia da prova, os candidatos deverão estar munidos de caneta esferográfica cor preta e de material transparente, comprovante de inscrição e documento original com foto. Protocolos sanitários contra a Covid-19 serão divulgados detalhadamente em edital específico sobre os locais de prova, exigindo o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada.

Treinamento para recenseador é eliminatório

Além da prova, os recenseadores receberão treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório. O treinamento presencial terá duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Para a parte presencial, também serão adotados protocolos sanitários contra a Covid-19.

Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência no treinamento farão jus a uma ajuda de custo. As contratações ocorrem logo em seguida. O trabalho de campo do Censo 2021 começa em agosto.

O ACM e os ACSs também farão trabalho de campo e treinarão os recenseadores

O ACM e os ACSs terão atribuições internas no posto de coleta, mas também farão atividades de campo. Nas áreas urbanas, dentre outras atividades, estão previstas a realização de conferência de listagem de endereços e reentrevistas para verificar a qualidade do trabalho do recenseador, além de análise de indicadores no sistema de coleta. Nas áreas rurais poderão ocorrer pedidos de supervisão a depender dos indicadores de qualidade da coleta. Além disso, o ACM e os ACSs serão responsáveis pelo repasse de treinamento para os recenseadores.

Pedidos de isenção das taxas de inscrição

Os candidatos que se enquadrarem nas condições de isenção para taxa de inscrição poderão realizar o pedido de isenção no site do Cebraspe até o dia 15 de março para os cargos de agentes censitários e até o 19 de março para recenseadores. Depois, devem aguardar a divulgação das inscrições deferidas e indeferidas. Os candidatos que vierem a ter o pedido de isenção indeferido poderão realizar o pagamento da taxa nas datas previstas no anexo II dos editais.

Adiamento do Censo em 2020 e cancelamento da seleção

Com o adiamento do Censo para 2021 devido à pandemia de Covid-19, os processos seletivos para ACM, ACS e recenseadores abertos em 2020 foram cancelados. Quem se inscreveu na seleção do ano passado não está com a inscrição garantida para os processos seletivos deste ano. É preciso fazer nova inscrição e pagar a taxa para garantir a participação na nova seleção.

Desde maio do ano passado, os inscritos na seleção cancelada podem solicitar o reembolso da taxa de inscrição através da Central de Atendimento do IBGE, pelo telefone 0800 721 8181. A ligação é gratuita. Basta informar nome e CPF para confirmação do cadastro e dados bancários (banco, nº da agência e conta bancária), em que seja o titular, para o recebimento do valor. Em janeiro, o IBGE iniciou a terceira fase de restituição da taxa de inscrição. Caso o candidato não possua conta bancária em seu nome, a devolução poderá ser feita através de ordem bancária para saque nas agências do Banco do Brasil.

Censo 2021 vai visitar todos os municípios brasileiros

A partir de agosto até outubro deste ano, serão recenseados cerca de 213 milhões de habitantes, em aproximadamente 71 milhões de endereços, que serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país. A pesquisa revelará entre outras informações, as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo. Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país.

CONFIRA A QUANTIDADE DE VAGAS POR MUNICÍPIO: 

Município Sede Posto Coleta Total ACM TOTAL ACS Total vagas Ampla Concorrência PPP PcD
ACRELÂNDIA 1 1 2 2 0 0
ASSIS BRASIL 1 0 1 1 0 0
BRASILÉIA 1 2 3 2 1 0
BUJARI 1 0 1 1 0 0
CAPIXABA 1 1 1 1 0 0
CRUZEIRO DO SUL 1 6 7 5 1 1
EPITACIOLÂNDIA 1 2 3 2 1 0
FEIJÓ 1 2 3 2 1 0
JORDÃO 1 0 1 1 0 0
MÂNCIO LIMA 1 1 2 2 0 0
MANOEL URBANO 1 0 1 1 0 0
MARECHAL THAUMATURGO 1 1 2 2 0 0
PLÁCIDO DE CASTRO 1 1 2 2 0 0
PORTO ACRE 1 1 2 2 0 0
PORTO WALTER 1 0 1 1 0 0
RIO BRANCO 6 39 45 27 6 6
RODRIGUES ALVES 1 1 2 2 0 0
SANTA ROSA DO PURUS 1 0 1 1 0 0
SENA MADUREIRA 1 4 5 3 1 1
SENADOR GUIOMARD 1 3 4 3 1 0
TARAUACÁ 1 3 4 3 1 0
XAPURI 1 1 2 2 0 0

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up