Rio Branco, Acre,


Sisu: instituições podem aderir ao programa até 23 de fevereiro

Com a prorrogação, a adesão e a retificação serão unificadas no cronograma

Foi prorrogado até o dia 23 de fevereiro o prazo para as instituições de ensino superior aderirem à oferta de vagas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que encerraria na última sexta-feira (12).

Com a prorrogação, a adesão e a retificação serão unificadas no cronograma. Contudo, a retificação só será necessária caso os dados informados no processo de adesão precisem ser corrigidos.

É de exclusiva responsabilidade da instituição participante do Sisu descrever, no documento de adesão, as condições específicas de concorrência às vagas por ela ofertadas no âmbito do Sisu. A assinatura do termo de adesão de cada instituição ocorrerá, exclusivamente, por meio do sistema de gestão do Sisu, no endereço eletrônico http://sisugestao.mec.gov.br, até o prazo limite definido em edital.

Cronograma de inscrições

O período de inscrições para o processo seletivo do Sisu, referente à edição do 1º semestre de 2021, ocorrerá de 6 a 9 de abril, exclusivamente, na página do Sisu. O cronograma completo e as regras dessa edição constam no Edital nº 10, publicado na quinta-feira, 11, no DOU.

Inscrições: de 6 a 9 de abril;
Resultado da chamada única: 13 de abril;
Matrícula ou registro acadêmico: de 14 a 19 de abril;
Manifestar interesse em participar da lista de espera: de 13 a 19 de abril.

Sobre o Sisu

O Sisu é o sistema informatizado do MEC, no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção. Os candidatos são selecionados para as indicações de opções de cursos, no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem, que será a de 2020.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up