23.3 C
Rio Branco
16 setembro 2021 7:50 am

Intubado e em estado gravíssimo da Covid-19, Mestre Juca precisa de sua ajuda

Sua família organizou uma rifa e o valor arrecadado será usado para custear algumas despesas de seu tratamento

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 31/07/2021 16:28

José Carlos Gomes Guimarães, de 62 anos, o popular Mestre Juca, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto de Traumatologia de Rio Branco. Ele é mais uma vítima da Covid-19 e há mais de 10 dias está intubado.

Considerado o precursor do Taekwondo Acre, atualmente, Guimarães, que já atuou na Polícia Militar, presta serviço para a Secretaria de Segurança Pública como instrutor de defesa pessoal.

Com a situação do Mestre, sua família organizou uma rifa e o valor arrecadado será usado para custear algumas despesas de seu tratamento. “Este é um momento muito doloroso para a família, considerando que o estado de saúde de meu cunhado José Carlos é gravíssimo. E está precisando de nossa ajuda. Pode ser com orações e também ajuda financeira considerando que a esposa dele está tendo muitos gastos, para isso estamos fazendo uma rifa”, diz a cunhada de Juca, Marlizete Silva.

Juca é um dos mais antigos mestres de Taekwondo no AC/Foto: cedida

Para participar, basta depositar R$ 10,00 via PIX 68992143866 em nome de José Evandro e a pessoa participa de um sorteio pela cartela da sorte. Entre os prêmios estão um creme hidratante da Boticário e duas travessas da marca tupperware.

Quem quiser fazer doação de forma anônima, pode enviar um PIX para a esposa Josicleia Martin, 95002456200.

Segundo o historiador e ex-aluno de Juca, Enilson Amorim, o Mestre que é 7º DAM de Taekwondo é tido como o precursor deste esporte olímpico em terras acreanas já no início dos anos 90. “Ele chegou a ministrar aulas gratuitas de Taekwondo para crianças que viviam em situação de vulnerabilidade social, e eu sou prova viva deste fato, considerando que eu também fui um destes garotos que entrei neste projeto maravilhoso”, conclui emocionado Amorim.

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.