25.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 2:31 am

Dillashaw exalta José Aldo, aceita desafio do brasileiro, mas impõe condição

Após derrotar Pedro Munhoz, no último dia 7 de agosto, José Aldo deixou claro o interesse em enfrentar TJ Dillashaw na sua sequência no peso-galo (61 kg)

POR AG FIGHT

Última atualização em 18/08/2021 11:27

Após derrotar Pedro Munhoz, no último dia 7 de agosto, José Aldo deixou claro o interesse em enfrentar TJ Dillashaw na sua sequência no peso-galo (61 kg).

Ao saber do desafio do brasileiro, o ex-campeão da divisão esfriou essa possibilidade por ter o foco somente em uma disputa de cinturão.

No entanto, parece que o americano agora vê com bons olhos essa possibilidade de encarar o ‘Campeão do Povo’, mas sob uma condição.

Em entrevista à ‘Submission Radio’, Dillashaw, que se recupera de uma cirurgia no joelho e ainda não tem previsão de retorno ao octógono, fez questão de exaltar Aldo e afirmou que toparia enfrentá-lo, mas só depois de recuperar o cinturão.

A ideia do americano é encarar o vencedor de Aljamain Sterling e Petr Yan, que se enfrentam em outubro para saber quem fica com o título, logo no início de 2022.

Após derrotar Pedro Munhoz, no último dia 7 de agosto, José Aldo deixou claro o interesse em enfrentar TJ Dillashaw na sua sequência no peso-galo (61 kg).

Ao saber do desafio do brasileiro, o ex-campeão da divisão esfriou essa possibilidade por ter o foco somente em uma disputa de cinturão.

No entanto, parece que o americano agora vê com bons olhos essa possibilidade de encarar o ‘Campeão do Povo’, mas sob uma condição.

Em entrevista à ‘Submission Radio’, Dillashaw, que se recupera de uma cirurgia no joelho e ainda não tem previsão de retorno ao octógono, fez questão de exaltar Aldo e afirmou que toparia enfrentá-lo, mas só depois de recuperar o cinturão.

A ideia do americano é encarar o vencedor de Aljamain Sterling e Petr Yan, que se enfrentam em outubro para saber quem fica com o título, logo no início de 2022.

“Gostaria de lutar com o José Aldo. Ele é uma lenda do nosso esporte e podemos fazer isso depois que eu pegar meu cinturão de volta. Quer dizer, só o nome de Aldo já torna isso interessante, certo? Então sim, talvez seja a minha primeira luta como campeão porque o José Aldo é uma lenda do esporte. Lembro dele no WEC antes mesmo de minha primeira luta profissional. Ele lutou contra o Urijah (Faber) quando eu estava treinando lá, então o cara está no topo do mundo há muito tempo”, afirmou o americano.

TJ Dillashaw, de 35 anos, foi campeão do peso-galo duas vezes pelo UFC, em 2014 e 2017. Na primeira ocasião, venceu Renan ‘Barão’, por nocaute.

Já no segundo duelo que lhe deu novamente o título, superou Cody Garbrandt. Desde 2011 na organização, o atleta disputou 17 lutas, venceu 13, sendo sete por nocaute, e perdeu quatro vezes.

Por outro lado, Aldo estreou pelo UFC em 2011, disputou 18 lutas, venceu 12 e perdeu seis vezes.

Atualmente, o atleta se encontra em quinto lugar no ranking do peso-galo. De 2011 a 2015, o brasileiro foi campeão dominante da categoria peso-pena.

Depois de perder seu título para Conor McGregor, o lutador recuperou seu posto em 2016, mas em 2017 ficou novamente sem o cinturão após derrota para Max Holloway.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.