24.3 C
Rio Branco
28 setembro 2021 2:24 am

Vereador conduzido à PF por caça ilegal é liberado após pagar fiança, mas pode pagar multa de R$ 80 mil

“Ele só está em liberdade porque pagou a fiança, mas está à disposição da Polícia Federal”, disse uma fonte do ContilNet.

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 30/08/2021 20:54

O vereador de Rio Branco, Joaquim Florêncio (PDT), que foi apreendido pela Polícia Federal com carne de caça dentro de uma fazenda na Reserva Extrativista Chico Mendes, no domingo (29), foi liberado após pagamento de fiança no valor de R$ 2.200,00.

Segundo a PF, Florêncio estava com um grupo e com eles os policiais encontraram mais de 60 quilos de carne de animal silvestre e três armas de fogo. Nenhuma das armas estava com o parlamentar.

Apesar de todos terem sido liberados após o pagamento da fiança, o inquérito da Polícia Federal segue aberto e ele ainda vai responder pelo crime.

“Ele só está em liberdade porque pagou a fiança, mas está à disposição da Polícia Federal”, disse uma fonte do ContilNet.

Ele ainda vai ser autuado pelo ICMBio e deve ter que pagar uma multa entorno de R$ 80 mil. “Não é certeza o valor porque pode aumentar”, concluiu a fonte.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.