31.3 C
Rio Branco
7 setembro 2021 11:02 am

Memorial das vítimas de Covid-19 no AC, cadastro de reserva da PM e mais: cobertura completa da cerimônia do Dia da Independência

Cerimônia com restrição de público aconteceu em frente à Praça da Revolução na manhã desta terça-feira (07)

POR RENATO MENEZES, PARA CONTILNET

Durante a cerimônia em alusão aos 199 anos da Independência do Brasil, que hasteou a bandeira nacional em frente à Biblioteca Pública, no centro de Rio Branco, o Governo do Acre lançou, nesta terça-feira (07), um projeto que prevê a criação de um memorial para os acreanos que morreram em decorrência das complicações causadas pela Covid-19.

COBERTURA COMPLETA:

Segundo informações prévias dadas no hasteamento, em frente à Biblioteca Pública, a ideia é de ter um local onde familiares e amigos possam homenagear os entes queridos, uma vez que muitos destes sequer tiveram a oportunidade de velá-los.

Chefes de Estado na comemoração do Dia da Independência. Foto: Everton Damasceno

CADASTRO DE RESERVA DA PM

No lado de fora da grade, alguns acreanos que compõem o cadastro de reserva do concurso da Polícia Militar também assistiram ao evento e disseram que foram até à Biblioteca Pública, de forma pacífica, apenas para “lembrar o compromisso do governador e prestigiar o dia”.

Este compromisso a que este público se refere, remete a uma afirmação do governador, durante videoconferência no dia 10 de agosto, que autorizou a convocação de 78 aprovados no cadastro de reserva da PM para que iniciem o Curso de Formação de Soldados (CFSD).

VACINAÇÃO

Concomitante à cerimônia, ocorreu também o lançamento da campanha “Vacinação da Independência”, que estimula a população que ainda não se vacinou por algum motivo, a comparecer nas dependências da Biblioteca Pública para tomar a dose do imunizante. O movimento de pessoas no local está tranquilo e a vacinação ocorrerá durante todo o feriadão.

Gladson marcou presença no evento. Ao fundo, cartaz da campanha de vacinação. Foto: Everton Damasceno/ContilNet

AUTORIDADES

Na cerimônia, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, participou dos momentos de pronunciamento e falou que as prefeituras do Acre estão empenhadas no progresso. “É uma independência que ainda não está completa, mas nós estamos fazendo nossa parte […] todas as prefeituras estão empenhadas para um novo momento do Brasil e para que a brasilidade seja destacada e se destaque em cada um de nós”, disse.

A desembargadora e presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Valdirene Cordeiro, ressaltou a importância de as pessoas acreditarem na credibilidade dos Três Poderes. “Devemos lutar pela nossa independência para que nós nos tornemos totalmente independentes, como eliminar o preconceito e a miséria. Nós temos o dever de fazer isso. Acreditem na credibilidade dos poderes”, falou.

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) também comentou que a casa legislativa mantém o compromisso em agir em prol do povo acreano. “É um momento de liberdade, um momento de fortalecer ainda mais nosso povo brasileiro. Vamos continuar firmes com a nossa Aleac, pensando no povo acreano e no bem do Brasil”, pontuou.

Banda da PM. Foto: Everton Damasceno/ContilNet

COMBOIO

No final da cerimônia, houve o desfile de carros das forças de segurança do Acre. Ao som da banda da Polícia Militar, o comboio passou, com a presença de camburões da PM, carros do Corpo de Bombeiros, BOPE, Policiamento Ambiental, dentre outros.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.