33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 5:01 pm

Fusão DEM/PSL, caixa de R$ 1,7 mi, ações do Deracre em Sena e mais: os destaques desta quarta no ContilNet

POR MARIA FERNANDA ARIVAL, PARA CONTILNET

Última atualização em 13/10/2021 17:01

Chegou o momento de ficar mais informado com os destaques desta quarta-feira, 13, com as matérias de diversas categorias do site.

Fusão DEM/PSL: Dirigente dá como certo Marcio Bittar presidente regional e Alan Rick vice

“Está tudo pacificado e, para concretizar a união, precisamos apenas romper a burocracia da Justiça Eleitoral, que é algo natural”, disse, ao ContilNet, em Rio Branco, o ainda presidente do diretório regional do PSL, Pedro Valério, sobre a fusão com o DEM. Os dois partidos já realizaram suas convenções acertando a fusão e a documentação de ambos já foi enviada para a Justiça Eleitoral, que deve decidir o caso até o final do ano. Saiba mais.

Bombeiros capturam porco-espinho no bairro Bom Sucesso, em Sena Madureira

Integrantes do Corpo de Bombeiros de Sena Madureira capturaram um porco-espinho, no bairro Bom Sucesso, em Sena Madureira. Segundo informações, o animal silvestre se encontrava no terreno de uma residência. Veja mais informações.

Deputados ouvem economista sobre caixa de R$ 1,7 mi antes de votação de empréstimo do Governo

Os deputados que compõem a Comissão de Orçamento e Finanças se reuniram na manhã desta quarta-feira (13) para tratar do empréstimo de R$ 41 milhões de dólares que o Governo do Acre pretende fazer. Leia na íntegra.

Além de reabrir e melhorar mais de 800 km de ramais, Deracre implanta pontes na zona rural de Sena Madureira

O Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), já reabriu até a presente data 560 quilômetros de ramais em Sena Madureira. Além disso, também já houve melhoramento em 330 quilômetros, atacando os chamados pontos críticos, onde o tráfego era interrompido nas primeiras chuvas. Veja mais.

Governo acreano se reúne com Abin e governo peruano para buscar soluções para crise humanitária na fronteira

O aumento da crise humanitária em várias partes do mundo fez acender a luz de alerta vermelho de instituições envolvidas com a política de defesa dos Direitos Humanos no Acre em relação às fronteiras do Brasil com o Peru e a Bolívia, no Alto Acre. É por ali, em Assis Brasil, a partir da cidade peruana de Iñapari, que vem sendo registrado o maior número dos imigrantes ilegais que usam a região como rota para fuga da miséria e, em alguns casos, de perseguições políticas. Há casos também de tráfico humano pela região. Leia tudo.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.