23.6 C
Rio Branco
27 novembro 2021 12:14 am

Comitiva do Acre participa de feira internacional do café em MG e apresenta café acreano ao mundo

POR ASCOM

Última atualização em 10/11/2021 12:29

Uma comitiva composta por 22 pessoas, entre elas 10 empresários produtores de café, saíram do Acre com destino a cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, para participar da Semana Internacional do Café, que ocorre de 10 a 12 de novembro.

Segundo os organizadores, o evento vai proporcionar muita troca de experiência entre produtores e simpatizantes de café do mundo inteiro.

“Planejamento, dicas de empreendedorismo, cuidados na hora de abrir sua cafeteria, o café como destaque e estandes com tudo para o seu negócio”, diz convite enviado pelos organizadores.

Compondo a comitiva do Acre estão o deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), secretário de Produção e Agronegócio do Acre (SEPA), Nenê Junqueira, representantes da Emater e produtores de café de Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul e Acrelândia.

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB), que acompanha a comitiva, afirmou que o evento colocará o Acre no cenário de exportador de café.

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB), que acompanha a comitiva, afirmou que o evento colocará o Acre no cenário de exportador de café.

“Essa experiência servirá para os produtores e técnicos adquirirem conhecimento, mas também servirá para mostrar ao mundo a qualidade do café acreano. Vamos conquistar novos mercados com certeza após esse evento e gerar ainda mais emprego e renda para o Acre”, disse o deputado.

O engenheiro agrônomo e doutor em fitotecnia, que é dono de um viveiro de café no Acre, conta que o encontro com produtores de café de vários regiões do mundo trará conquistas importantes para o cultivo e produção do produto no Acre.

“É muito importante que tenha vindo uma comitiva do Acre para esse evento internacional. Essa visita fará com quem fiquemos atualizados com novas tecnologias e métodos de cultivo. Nossa participação nesse evento insere o Acre no cenário nacional do café”, disse.

O empresário e produtor de café, Romoaldo, de Mâncio Lima, explica que a feira é de suma importância para os produtores acreanos já que o cultivo do café no estado é considerado novo em comparação a outros estados como São Paulo e Minas Gerais.

“Quero agradecer ao governo do Acre em nome do governador Gladson Cameli e do secretário Nenê Junqueira pelo convite para participarmos desse evento. O Acre ainda é um estado no novo no cultivo de café e temos muito a aprender nesse evento”, disse.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.