21 de junho de 2024

“Infelizmente o quadro dele é grave”, diz advogado sobre Diego Alemão

Jeffrey Chiquini contou ao Domingo Espetacular, da Record TV, como está sendo o tratamento do ex-BBB na clínica de reabilitação. Saiba mais!

Diego Alemão Eduardo Matysiak

Jeffrey Chiquini, advogado de Diego Alemão, conversou com o Domingo Espetacular, da Record TV, sobre o estado de saúde do ex-BBB, que está internado em uma clínica de reabilitação, após sair armado por uma rua da zona sul do Rio de Janeiro, afirmando que iria efetuar disparos.

“Ele em sã consciência jamais agiria daquela forma. Diego não é agressivo, Diego em hipótese alguma colocaria a vida de alguém em perigo. Mas ele abriu o coração para a família e voluntariamente buscou ajuda. Diego Alemão encontra-se internado em uma clínica de reabilitação, mas infelizmente o quadro dele é grave”, afirmou o profissional da Justiça.

Íris Stefanelli, que se relacionou com Diego durante a participação no reality global, também falou sobre o assunto: “Realmente, eu fiquei surpresa [com a prisão de Diego]. Ele é uma pessoa muito inteligente, um menino muito legal, cabeça. Ele nunca demonstrou estar alterado, ter falta de equilíbrio“.

Diego Alemão usou drogas antes de sair armado

No último dia 26, Jeffrey Chiquini, advogado de Diego Alemão, revelou com exclusividade para a coluna que o ex-BBB estava sob efeito de entorpecentes, quando saiu armado por uma rua da zona sul do Rio de Janeiro, gritando que “iria fazer disparos”. O rapaz foi preso nesta manhã por porte de arma de fogo e liberado horas depois, após pagar R$ 4 mil de fiança.

O empresário saiu da delegacia exaltado, tratando mal a imprensa que estava cobrindo o caso. Jeffrey foi questionado por esta colunista sobre o rompante de seu cliente e se o uso de substâncias químicas justificaria o seu comportamento: “Sim, uso de entorpecentes e medicamentos fortes para a depressão”. Ainda na conversa, o profissional informou que tudo aconteceu por causa de um surto psicótico. “Ele estava tendo delírios de que estava sendo ameaçado, perseguido”, contou.

O advogado pontuou, em nota enviada anteriormente à coluna, que Diego estava fora de si: “Infelizmente, vem sofrendo de um mal que tem acometido muitas pessoas atualmente. Há alguns meses tem enfrentado profunda depressão”.

Jeffrey Chiquini aproveitou para lamentar que Diego Alemão tenha tratado mal os jornalistas e repórteres ao ser liberado da delegacia, depois de pagar R$ 4 mil de fiança. “Agradeço o contato e a compreensão. Peço desculpas pelo que ele fez. Minhas desculpas a todos os comunicadores”, concluiu.

Internação voluntária

Diego Alemão foi internado, por vontade própria, logo após ser solto. A coluna descobriu, no entanto, que no dia 14 deste mês, Alemão quis procurar a ajuda de Rafael Ilha. O ex-Fazenda ajuda dependentes químicos há anos, e é um dos responsáveis pelo tratamento e recuperação de Sérgio Hondjakoff.

Segundo o youtuber Bruno Di Simone, que é amigo de Diego Alemão, o ex-BBB entrou em contato após ver a publicação dele com Rafael Ilha nas redes sociais. Bruno entrevistou o ex-Fazenda para seu canal no YouTube e divulgou uma foto com o colega no Instagram.

“No dia que eu gravei com o Rafael Ilha, o Alemão me segue e viu eu postar um vídeo com o Rafael, anunciando que vinha uma entrevista, e me chamou no WhatsApp perguntando se o Rafael Ilha estava comigo, porque ele queria trocar uma ideia com o Rafael. Eu falei que não estava mais. Mais tarde eu o encontrei e ele estava meio agressivo. Eu falei que ele estava precisando de ajuda. Perguntei se ele queria ajuda, se queria que eu entrasse em contato com o Rafael Ilha e ele pediu que eu entrasse sim em contato”, contou.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost