20 de fevereiro de 2024

Para evitar golpes, governo lança site do Concurso Nacional Unificado

Site reúne notícias, materiais de apoio e documentos sobre o novo modelo de seleção. Prova única está prevista para início de 2024

Reprodução

O governo federal lançou, nesta sexta-feira (10/11), o site oficial do Concurso Nacional Unificado (CNU). O portal será abastecido pelMinistério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) com as notícias, materiais de apoio e publicações da pasta sobre o novo modelo de seleção de servidores públicos.

A ideia do site, segundo a pasta, é evitar que as pessoas caiam em eventuais tentativas de golpes ou disseminem informações falsas sobre o Concurso Nacional. No fim de outubro, o ministério publicou em seus canais oficiais um alerta para a tentativa de golpe envolvendo o certame.

Tratava-se de um link enviado aos cidadãos para a realização de inscrição falsa. De acordo com o MGI, o link levava o internauta a uma página de cadastro e pagamento de Pix no valor de R$ 107,82.

O CNU consiste em um modelo de realização conjunta de concursos públicos, nos moldes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para o provimento de cargos públicos efetivos.

A publicação do edital está prevista para até 20 de dezembro. A prova única deverá ocorrer no começo de 2024, entre fevereiro e março. Ao todo, 21 órgãos e entidades aderiram ao CNU, com o total de 6.640 vagas.

Os resultados gerais da primeira fase devem ser divulgados até o fim de abril de 2024; o início dos cursos de formação está previsto para o período entre junho e julho do próximo ano.

As vagas serão distribuídas no âmbito dos órgãos e das entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, mediante a aplicação simultânea de provas em todos os estados e no Distrito Federal.

Serviço

O endereço do site é gov.br/gestao/concursonacional. O Ministério da Gestão também possui um canal oficial de atendimento para dúvidas e denúncias sobre o concurso: [email protected].

PUBLICIDADE