28 de maio de 2024

“Internet é carente de vida real”, diz influenciadora Jade Sales

Influenciadora, que tem 1,2 milhão de seguidores no Instagram, acredita que o público está interessado em ver conteúdos sem filtro

Crescer mais nas redes sociais e influenciar positivamente na vida das pessoas. É com esse sentimento que a influenciadora Jade Sales, de 21 anos, quer continuar produzindo conteúdos para a internet.

A mineira de Montes Claros, que atualmente aborda conteúdos de moda, beleza e vida real, produz vídeos desde os 14 anos e lembra que o fato de estar numa cidade relativamente pequena gerava muitos comentários negativos a respeito do trabalho. “Apesar disso, meu sonho era maior”, destaca.

Ela, que tem mais de 1,2 milhão de seguidores só no Instagram, conta que desde a infância gostava do nicho de moda, fato que a ajuda bastante a abordar o assunto com muito mais facilidade, pois é algo que vive e gosta.

Em entrevista à série de publicações que o Metrópoles está produzindo com influencers, Jade Sales lembra como e quando começou a gravar vídeos para a internet.

Quando uma marca te convida para um publi, qual o principal fator que você leva em consideração para aceitar produzir o conteúdo?

Sempre me faço uma pergunta: eu me identifico com o produto? Caso a resposta seja positiva, eu encaixo no meu cotidiano e faço a indicação para meu público.

Por que você escolheu influenciar na área de beleza, moda e vida real? Qual foi a motivação?

Desde muito pequena assistia a programas de moda como o ‘Esquadrão da Moda’. Na época, minha brincadeira favorita era vestir as roupas da minha mãe. Sempre amei o ‘poder’ das roupas me deixarem confiante com quem sou. Amo a diversidade de looks que posso montar. Por causa disso, soube que era o que eu queria trabalhar e com 14 anos comecei a fazer provadores em lojas de roupas de Montes Claros, onde foi o start para meu sonho se realizar.

Como você organiza as pautas para as criações de conteúdo?

Um dos primeiros passos é avaliar o que está acontecendo ao meu redor, a estação, o assunto do momento. Em seguida, anoto tudo o que posso criar em cima do que foi proposto e organizo as pautas.

Quais são os seguidores que te inspiram e por quê?

Comecei na internet sendo muito influenciada pela Flavia Pavanelli, pois foi a primeira pessoa que tive referências de moda da internet. Hoje, me inspiro muito no meu namorado, o Gustavo Tubarão, e também observo que a internet é carente de ‘vida real’. Por isso, mostrar a realidade sem filtro faz bem para as pessoas. Quero seguir nessa mesma linha.

Você acredita que seguidores querem ver mais a vida sem filtros?

Com toda certeza. Na verdade, ninguém é perfeito, todo mundo passa por problemas, mas na internet, as pessoas tendem a mostrar somente o lado bom e bonito da vida. Isso faz o público se frustrar com a própria vida e também com problemas reais, causando comparações excessivas e adoecendo a si mesmo. E esse não é meu intuito. Muito pelo contrário. Quero que as pessoas se identifiquem e se divirtam bastante com meu conteúdo.

Qual a mensagem que você pode deixar para pessoas que desejam começar a influenciar na área de moda?

Não desistir. Todo início de qualquer projeto precisa do primeiro passo, do segundo e adiante. É uma escada, com degraus que você vai subindo lentamente até chegar ao topo, que é onde almeja. Fazendo ou não, haverá pessoas para julgar, mas o futuro só depende de nós mesmos.

Quando comecei mostrando o que eu amava sendo muito nova, havia pessoas para diminuir o que eu fazia constantemente, e hoje me agradeço por não ter desistido no primeiro ‘não’ que recebi.

O que podemos esperar do seu perfil daqui pra frente?

Mais conteúdos de moda acessíveis e também assuntos divertidos. Também quero me aprofundar mais em saúde mental, que é um tema tão importante e vivenciado nos dias de hoje.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost