20 de abril de 2024

Aviões superam barreira dos 1 mil Km/h devido a um fenômeno climático inusitado; entenda

Um deles, da American Airlines com destino a Doha, atingiu velocidades superiores a 1.350 quilômetros por hora,

No fim de semana, os passageiros a bordo de voos comerciais passaram por uma experiência inédita em suas viagens depois que ventos incomuns impulsionaram suas aeronaves a velocidades superiores a 1.000 quilômetros por hora.

Voo 292 da British Airways atinge velocidade de mais de 1.200 quilômetros por hora — Foto: Reprodução

Os voos 22 da Virgin Atlantic Airways, 292 da British Airways, 216 da British Airways, 64 da United Airlines e 120 da American Airlines atingiram velocidades de mais de 1.280 quilômetros por hora enquanto viajavam ao longo de uma corrente de jato sobre o Atlântico, um fluxo de ar relativamente forte e intenso. Com isso, os aviões aterrissaram antes do previsto.

O avião da American Airlines, que viajava da Filadélfia para Doha, chegou a atingir velocidades de mais de 1.350 quilômetros por hora. A velocidade de cruzeiro típica de um avião de passageiros é de aproximadamente 925 quilômetros por hora.

O que aconteceu?

A corrente de jato se move de oeste para leste e pode reduzir o tempo de voo, permitindo que os passageiros cheguem ao seu destino mais cedo que o programado. No entanto, ela pode causar turbulências mais graves, alertaram os cientistas.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA informou que os ventos no fim de semana atingiram velocidades de 420 quilômetros por hora a cerca de 10.600 metros acima de Washington, a altitude em que os aviões voam.

— Esta noite, foram detectados os segundos ventos mais fortes já registrados na história local desde meados do século 20 — publicou o Serviço Nacional de Meteorologia de Baltimore e Washington no X. — A uma altitude de cerca de 10,6 mil metros, os ventos atingiram um pico de cerca de 230 nós (420 quilômetros por hora).

Ele acrescentou:

— Para quem estiver voando em direção ao leste nessa corrente de jato, haverá um vento de cauda bastante forte.

Chegada adiantada

A corrente de jato permitiu que as aeronaves chegassem ao seu destino antes do previsto. O voo 22 da Virgin Atlantic para Londres chegou 45 minutos mais cedo; e os voos 292 e 216 da British Airways, 32 e 20 minutos mais cedo, respectivamente.

Um passageiro a bordo do voo 22 da Virgin Atlantic disse ao Daily Mail que o fenômeno teve uma “duração muito curta”, mas que não havia “nada de diferente detectável na cabine”.

Outro passageiro do voo BA 292 disse que “houve alguns breves momentos de turbulência, mas o capitão nunca ligou o alerta para colocar o cinto de segurança”. “Nossa chegada antecipada incluiu uma volta em torno de Heathrow em um padrão de espera”, acrescentou.

O avião da United Airlines para Lisboa e o avião da American Airlines para Doha também reduziram seus tempos de voo em 20 e 30 minutos.

Embora os três aviões tenham atingido velocidades superiores a 1.287 quilômetros por hora, mais rápidas do que a velocidade do som, Jeff Berardelli, meteorologista da WFLA Tampa Bay, explicou que, tecnicamente, eles não quebraram a barreira do som.

“1343,8 quilômetros por hora é mais rápido do que a velocidade do som, que é de 1234 quilômetros por hora. Então, ele quebrou a barreira do som? Não. O avião está imerso em ventos de mais de 320 quilômetros por hora, portanto, está viajando com o vento e o avião em si não está realmente viajando mais rápido do que 1.234 em relação ao ambiente em que se encontra”, escreveu ele.

A única aeronave a romper a barreira do som foi o Concorde, que se aposentou e podia atingir a impressionante marca de 2.172 quilômetros por hora.

Embora a redução do tempo de voo possa parecer uma boa notícia, a desvantagem é que os aviões provavelmente sofrerão mais turbulência.

No ano passado, especialistas da Universidade de Chicago relataram em um estudo que o aquecimento global está acelerando os ventos nas correntes de jato devido a mudanças na densidade do ar na atmosfera da Terra.

Essas velocidades de vento mais rápidas causam correntes de ar ascendentes e descendentes mais violentas, resultando em turbulência severa para as aeronaves.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost