20 de abril de 2024

Depois de ter velado o marido na Aleac há 27 anos, Iolanda Fleming volta ao local pela 1ª vez

Ex-deputada estadual, ex-governadora fala das emoções vividas no prédio

Prestes à completar 88 anos de idade, no próximo dia 20 de junho, a ex-governadora Iolanda Fleming voltou ao prédio da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac), onde foi deputada estadual de 1978 a 1982. Ela foi à Aleac atendendo convite da presidência da Casa para prestigiar o reinício dos trabalhos legislativos em 2024.

Iolanda esteve na Aleac para abertura dos trabalhos na Assembleia/Foto: Juan Diaz/ContilNet

A penúltima vez em que a ex-governadora esteve na sede da Aleac foi há 27 anos, para o velório de seu marido, o ex-deputado Geraldo Fleming. “Este prédio me traz sentimentos ambíguos. Ao mesmo tempo em que vivi aqui algumas alegrias como deputada e mulher pública, é também o local em que velei meu marido”, contou

Na Aleac, Iolanda Fleming foi, entre outras funções, presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que apurou denúncias de irregularidades na gestão da extinta Companhia de Eletricidade do Acre (Eletriacre), na gestão do então governador Joaquim Macedo.

Ex-vereadora e ex-presidente da Câmara Municipal, Iolanda Fleming foi eleita deputada estadual em 1978 e nas eleições de 1982, integrou a chapa vitoriosa de Nabor Junior como governador e ela com vice-governadora. Com a renuncia de Nabor para concorrer ao Senado, nas eleições de 1986, a então vice assumiu a titularidade do governo por 360 dias e entrou para história do país como a primeira mulher a governar um Estado no país. Ela passou o governo ao sucessor, Flaviano Melo.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost