20 de abril de 2024

Dono de pitbull é condenado a pagar R$ 13 mil a pedreiro por ataque

O dono de um pitbull foi condenado pela Justiça a pagar R$ 7.000 por danos materiais e R$ 6.000 por danos morais a pedreiro vítima de ataque

Divulgação/TJSP

A Justiça condenou o dono de um pitbull a indenizar um pedreiro que foi atacado pelo cão em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. A vítima sofreu fratura exposta no polegar da mão direita e ficou 60 dias sem trabalhar por causa das mordidas do cachorro.

A decisão judicial foi confirmada pela 6ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo. O dono do pitbull, Adriano Souza Pereira, foi condenado a pagar R$ 7.000 por danos materiais e R$ 6.000 por danos morais ao pedreiro Cleber José Lopes.

Dono do cachorro, Pereira morreu em 2017, enquanto corria o processo, e caberá à inventariante providenciar o pagamento.

Segundo a Justiça, o pedreiro seguia para o trabalho quando foi mordido pelo cachorro, tendo os ferimentos na mão direita. Por causa dos machucados, ele deixou de trabalhar e, consequentemente, ficou sem receber.

O relator do recurso, desembargador Vito Guglielmi, destacou que o dono do pitbull não tomou os devidos cuidados para evitar o ataque, que aconteceu no meio da rua.

“Caracterizada, assim, a responsabilidade civil extracontratual do réu por fato do animal de sua propriedade, acertada a imposição, em seu desfavor, do dever de indenizar”, disse, em seu voto.

A decisão da turma foi unânime, com votos favoráveis à indenização por parte de mais dois magistrados.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost