20 de abril de 2024

Rondônia tem a 5ª menor taxa de coleta de lixo no país, aponta IBGE

Apenas quatro, dos 52 municípios, possuem coleta de lixo que atende mais de 90% da população

No estado de Rondônia, cerca de 20,5% das moradias não têm acesso à coleta de lixo, segundo dados do Censo 2022 divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estado fica em 5º lugar no ranking das menores taxas de coleta.

Apenas quatro, dos 52 municípios, possuem coleta de lixo que atende mais de 90% da população. São eles:

• Vilhena: 94,8%
• Ji-Paraná: 93,2%
• Porto Velho: 91,9%
• Ariquemes: 90,4%

De acordo com o IBGE, a maioria dos moradores que não são atendidos pela coleta lixo, preferem queimar os resíduos. Cerca de 18,3%, equivalente a 101 mil residências.

As outras formas de destinação são:

• Enterrar: em 1,5% das moradias
• Jogar em área pública ou outra destinação: 0,72%

Em nove municípios, mais da metade da população utiliza a queima como forma de descarte do lixo. São eles:

• Nova União: 63,2%
• Governador Jorge Teixeira: 61,6%
• Campo Novo de Rondônia: 61,2%
• Theobroma: 58,8%
• Castanheiras: 55%
• Rio Crespo: 52,5%
• Alto Alegre dos Parecis: 52,1%
• Parecis: 51,4%
• Cacaulândia: 51,2%

É considerado crime ambiental, queimar lixo e demais resíduos, mesmo dentro da própria residência. Em Porto Velho, o ato pode gerar multa.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost