27 de maio de 2024

Lilly Allen critica álbum country de Beyoncé

A cantora inglesa criticou a escolha de Queen Bey de regravar "Jolene"

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Lilly Allen, 38, não poupou comentários ácidos sobre a nova era caubói de Beyoncé, 42.

Durante seu podcast “Miss me?” nesta quarta-feira (3), a cantora inglesa criticou a escolha de Queen Bey de regravar “Jolene”, um clássico country de Dolly Parton. Ela considerou “estranho refazer uma música tão lendária”.

“Eu sinto que é uma coisa muito interessante de se fazer quando você está tentando abordar um novo gênero e apenas escolhe a maior música desse gênero para fazer um cover. Ela está interpretando a si mesma ou Dolly?”, disparou Allen.

Lilly também desaprovou o conceito de “Cowboy” e disse que a campanha do disco foi “bastante calculada”.

Ela se referia à Beyoncé ir para o gênero country depois de ser vaiada no Country Musica Association Awards em 2016 e ao discurso feito por Jay-Z, 54, no Grammy deste ano, em ele criticou a academia por ignorar sua esposa, Bey, na principal categoria da premiação, a de Álbum do Ano.

Para completar os comentários, Lilly também tinha opiniões sobre a aparência da cantora de “Texas Hold’em”. “Ela parece ótima, ela me anima de entrar nos 40.

Mas ela está tendo ajuda, você sabe. Ela tem uma ótima equipe de estilistas, cabeleireiros, ela treina muito. Tenho certeza que ela tem acesso aos melhores treinadores do mundo… Ela é a Beyoncé.”

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost