11 de junho de 2024

Vídeo mostra discussão entre motoboy e dono de lanchonete que morreu após ser empurrado; veja

Segundo polícia, Antônio Gregório de Almeida, 62 anos, morreu por conta de um traumatismo craniano

Imagens de câmera de monitoramento mostram a discussão entre o motoboy suspeito de causar a morte de Antônio Gregório de Almeida, 62 anos.

De acordo com a Polícia Civil (PC-PR), a vítima foi empurrada pelo suspeito, caiu, bateu a cabeça e teve traumatismo craniano. Assista acima.

Antônio Gregório era proprietário da lanchonete Esquina Dog, que existe desde 1999 no bairro Uberaba. Ele morreu no domingo (19), no terreno da própria lanchonete, após uma discussão com um motoboy que trabalhava para ele há quatro anos, de acordo com a delegada Camila Cecconello.

Nas imagens é possível ver Antônio Gregório e o motoboy suspeito, um homem de jaqueta branca, gesticulando durante uma discussão na frente de um portão. É possível ver outras pessoas ao redor acompanhando a cena.

Em determinado momento, os dois entraram no terreno da lanchonete e caminharam para uma área escura. Segundo a polícia, foi neste local em que a vítima foi empurrada, caiu e bateu a cabeça.

As imagens não mostram o momento em que o suspeito empurra Antônio Gregório.

“As testemunhas relataram que ouviram a vitima dizendo ‘saia daqui’ e, em seguida, o motoboy acabou empurrando a vítima que caiu no chão e acabou entrando em óbito com a queda, já que atingiu a região da cabeça e causou traumatismo cranioencefálico”, disse.

Antônio Gregório de Almeida era dono de tradicional lanchonete em Curitiba — Foto: Redes sociais

Antônio Gregório de Almeida era dono de tradicional lanchonete em Curitiba — Foto: Redes sociais

A Polícia Militar (PM-PR) disse que o dono da lanchonete chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O suspeito, que não teve o nome oficialmente divulgado, fugiu. Segundo a polícia, ele tem 34 anos. Até a última atualização desta reportagem, o homem era procurado.

Investigação

Segundo a delegada Camila Cecconello, o desentendimento entre Antônio Gregório e o suspeito foi por conta do troco de uma entrega.

Pelas primeiras apurações da Polícia Civil, o caso está sendo tratado como lesão corporal seguida de morte.

Vídeo mostra discussão antes de dono de lanchonete de Curitiba ser empurrado por motoboy, bater a cabeça no chão e morrer — Foto: PCPR

Vídeo mostra discussão antes de dono de lanchonete de Curitiba ser empurrado por motoboy, bater a cabeça no chão e morrer — Foto: PCPR

Lanchonete lamentou a morte

Pelas redes sociais, a lanchonete informou aos clientes sobre a morte de Antônio.

“Com profundo pesar, informamos o falecimento do seu Antônio Gregório de Almeida. Dono desta empresa, Lanchonete Esquina Dog. Deixou seu legado e muita saudade. Que Deus o receba, descanse em paz”, escreveu.

Lanchonete confirmou a morte de Antônio Gregório de Almeida nas redes sociais — Foto: Redes sociais

Lanchonete confirmou a morte de Antônio Gregório de Almeida nas redes sociais — Foto: Redes sociais

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost