PPS emite nota e repudia a onda de violência após tesoureiro ser atingido por bala perdida

Nota veio acompanhada de frases como “mais um homem de bem atingido pela violência” e “força, Moisés”

A reportagem da ContilNet noticiou que, na noite de segunda-feira (9), um homem foi atingido por bala perdida enquanto trafegava em um carro pela rua Floriano Peixoto. A vítima em questão é tesoureiro da executiva estadual do Partido Popular Socialista (PPS).

Moisés Pereira Ramos, de 57 anos, foi levado ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB) sem risco de morte. Ele foi baleado no momento em que criminosos perseguiam Bruno Araújo, morto em frente a um posto de gasolina desativado, nas proximidades da antiga sede da Polícia Federal.

Em nota, o partido repudiou o ocorrido. Com frases como “mais um homem de bem atingido pela violência” e “força, Moisés”, a diretoria prestou votos de recuperação ao filiado. “A direção do partido presta solidariedade aos familiares e amigos, desejando sinceros votos de recuperação”.

Confira a nota na íntegra:

Nota emitida pelo partido/Foto: Divulgação

comentários

Veja também