Por causa de protesto de militares, Tião Viana pode exonerar comandante da PMAC

Quem se antecipou foi o sub-comandante Coronel Ricardo Brandão, que 'pediu para sair'

MELHORANDO A IMAGEM

Após ser acusado pelo seu colega jornalista Tião Maia, ambos governistas, de estar recebendo (junto com a esposa e filhos) em torno de R$ 100 mil mensais, pagos pelo Estado, o Porta voz de Tião Viana, Leonildo Rosas, “só de mau” e para provar que tudo não passa de mentira de Maia, resolveu ir cortar o cabelo lá na Baixada da Sobral por R$ 10 o corte, e ainda disse que a roupa de Réveillon vai ser comprada lá no Formigão.

O PREFEITO SUMIU

Por falar em Baixada da Sobral, os moradores andam reclamando que o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, virtual candidato do PT ao governo do Acre, nunca mais apareceu para tomar um cafezinho. Na verdade, dizem os moradores, ao invés de café, Alexandre deve mesmo levar uma boa esculhambação dos moradores por causa dos esgotos e buracos por lá.

PEDE PRA SAIR!!!

Na tentativa de mostrar que não tem a mínima culpa no corte de salário dos militares, o governador Tião Viana, segundo uma alta patente, vai exonerar do cargo já na próxima terça-feira (2 de janeiro) o comandante geral da Corporação, Coronel Júlio César. Quem se antecipou foi o sub-comandante Coronel Ricardo Brandão, que não quis esperar pela decisão do chefe do Executivo e optou por uma saída mais honrosa, pedindo logo para sair o cargo.

SEM PLANTÃO

Insatisfeitos por terem levado calote do médico e governador do Acre, Tião Viana, e não terem recebido até este sábado (30) o pagamento dos plantões e horas extras trabalhados nos hospitais da rede pública, enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem prometem radicalizar e não trabalhar no feriadão. Sem nenhuma posição positiva de Tião sobre o assunto, quem precisar ir aos hospitais e Upas é melhor tomar, antes de sair de casa, uma boa “golada de maracugina” e se comportar como pacientes.

TIÃO TEM UM NINJA

Para não encerrar o ano dizendo que O LAMPARINA só critica o governo, o ponto positivo na desastrosa administração do governador Tião Viana vai para o Instituto de Terras do Acre (Iteracre), que só este ano entregou mais de 44 mil títulos definitivos de propriedade nos 22 municípios do Estado. Mas convenhamos que quem está à frente do Iteracre é um verdadeiro ninja. Parabéns, professor Nil Figueiredo.

Até o ano que vem, e se a LAMPARINA não apagar, a gente volta. Feliz 2018 pra todos!!!

comentários

Veja também