SENAI prepara mudanças no sistema de avaliação da educação profissional no Acre


Durante Semana Pedagógica 2018, docentes e coordenadores pedagógicos passaram por capacitação

ASSESSORIA

Conhecido por ser referência em educação profissional, o SENAI/AC está em constante processo de melhoria da qualidade de seus processos educacionais. No período de 5 a 7 de fevereiro, na Sala de Treinamento da FIEAC, docentes e coordenadores pedagógicos estiveram imersos na Semana Pedagógica 2018, que teve por objetivo atualizar os colaboradores sobre os novos programas e atividades que serão implementados neste ano e quais terão continuidade.

A grande dificuldade para a educação é justamente o processo de avaliação, especialmente para a educação profissional

“Neste ano, a Semana Pedagógica foi dividida em dois momentos. O segundo momento foi uma oficina para conhecer profundamente a metodologia de avaliação do Saep (Sistema de Avaliação da Educação Profissional), principalmente em relação a como o Departamento Nacional constrói as provas a que os alunos são submetidos, para, a partir deste ano, começar a adotar o mesmo modelo, sobretudo nos cursos técnicos”, informa João César Dotto, diretor regional da instituição.

De acordo com Geane Reis de Farias, gerente de educação profissional, o saldo do evento foi extremamente positivo. “Os docentes e coordenadores pedagógicos foram muito participativos. O especialista que ministrou a oficina, Thiago Korb, do SENAI de Santa Catarina, também foi bastante elogiado”, observou.

Para Korb, a grande dificuldade para a educação como um todo é justamente o processo de avaliação. “Especialmente para a educação profissional. Trouxemos vários pontos e ferramentas para mostrar como eles podem melhorar a avaliação da qualidade da aprendizagem. O docente é peça-chave nesse processo. A maior mensagem que acredito que deixei aqui foi a importância de mudar o foco da análise do conhecimento para a capacidade, o saber fazer e desenvolver. O conhecimento teórico é muito importante, sim. Mas, lá fora, a indústria vai exigir que o profissional saiba fazer e tenha um comportamento adequado”, alertou o especialista.

comentários

Outras Notícias

Veja Também