Emylson Farias comemora “bons resultados” da Segurança Pública no Acre


Ele vem comemorando a “avaliação positiva” do Estado no quesito “Boa Gestão em Segurança”

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

Mesmo com uma média de dois assassinatos a cada 24 horas, contabilizando do dia 1° de janeiro até a manhã desta sexta-feira (12), quando vinte e uma pessoas assassinadas, o secretário de Segurança Pública no Acre, Emylson Farias, que também é pré-candidato a vice-governador do Estado, é só comemoração.

Em sua página na rede social do Facebook, ele vem comemorando a “avaliação positiva” do Estado no quesito “Boa Gestão em Segurança” e diz que o Acre ainda está acima da média nacional.

Confira postagem do secretário Emylson na rede social:

– De acordo com o Centro de Liderança Pública (CPL), que mede o ranking de competividade dos Estados federados, a Segurança Pública é o maior gargalo do país. No entanto, a mesma pesquisa, revela que o Acre obteve nota acima da média nacional no quesito Segurança, fator decisivo para elevar o Estado da 25ª posição para o 19º lugar, na comparação com os demais Estados.

O Ranking de Gestão e Competitividade dos Estados feito pelo Centro de Liderança Pública (CPL) que usa a pesquisa técnica da Tendências Consultoria e da Economist Intelligence Unit como forma de medir os indicadores.

Essa ferramenta analisa a capacidade competitiva dos 26 estados brasileiros, mais o Distrito Federal.

Na edição 2016, são observados 65 indicadores de abrangência nacional separados em 10 pilares que servem para balizar os gestores públicos de cada Estado a fim de que alcancem melhores resultados na gestão.

Com base nesses indicadores, o Acre obteve avanços significativos no Ranking de Competividade dos Estados e passou da 25º para 19º posição em 2017. Até então, o lugar era ocupado pelo Estado do Tocantins, que subiu para 16º lugar.

A pesquisa, que é anual, revela que o Acre obteve um patamar de avaliação positivo com relação à média nacional de competitividade que é de 47,9.

Um dos indicadores avaliado na pesquisa que elevou o Acre foi Segurança Pública com nota 91,9 enquanto que a média brasileira é de 46,2.

O Estado melhor avaliado é São Paulo e lidera o ranking de Competividade dos Estados, seguido de Santa Catarina, que subiu da 3ª para 2ª posição, e Paraná, que caiu da 2ª para a 3ª posição em relação ao ano anterior.

Na edição de 2017, foram analisados 66 indicadores de abrangência nacional separados em 10 pilares que servem balizar os gestores públicos a fim de que alcancem a excelência na gestão.

comentários

Outras Notícias

Veja Também