Sete são presos por tráfico, roubo, formação de quadrilha e tentativa de homicídio em Brasileia


Armas, drogas e moto foram apreendidas e levadas à delegacia do município

REDAÇÃO CONTILNET

Homens do 10º Batalhão de Polícia Militar do Alto Acre prenderam neste sábado, no município de Brasileia, nove pessoas acusadas de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo, tentativa de homicídio e formação de quadrilha. A PM fez buscas em diversos bairros da cidade e apreendeu entorpecente, armas, dinheiro, relógios, aparelhos celulares e uma moto modelo Bis roubada. Os flagrantes foram possíveis graças a uma denúncia anônima.

Desde a semana passada os militares estavam de prontidão para reprimir um suposto confronto armado entre membros de duas facções rivais que atuam na região de fronteira com a Bolívia.

Objetos e produtos ilícitos foram entregues na delegacia/Foto: Alexandre Lima

O boato sobre o enfrentamento surgiu depois que um homem de prenome Romário foi alvejado por um tiro no pé. A tentativa de homicídio ocorreu nas proximidades do cemitério de Brasileia, e teve por autores dois suspeitos que fugiram em uma moto.

No telefonema feito à polícia, na manhã deste sábado (11), o denunciante descreveu as características de um homem que trafegava pelo bairro Eldorado em uma motocicleta roubada. Segundo a informação, ele fazia questão de ser visto com uma arma de fogo.

Acusados deverão responder por diversos crimes, segundo o delegado plantonista/Foto: cedida

No imóvel indicado pelo informante, os policiais encontraram um ‘tijolo’ de maconha com cerca de 500 gramas e um revólver calibre 38, em cujo tambor havia cápsulas deflagradas. A PM desconfia que essa foi a arma usada na tentativa de homicídio de Romário.

Em seguida, os militares prenderam Alexandre Nascimento Ferreira com uma pistola 9 mm. Ele também teria em seu poder algumas porções de cocaína e dinheiro. Suspeito de ter atirado em Romário, ele nega envolvimento no crime.

Veículo foi restituído à proprietária/Foto: Alexandre Lima

Instantes depois foram detidos outros seis suspeitos em um imóvel localizado na periferia da cidade. Ismael Ferreira Liberato da Costa, Juciclei da Silva Moura, Leandro Magalhães, Marcelo Gomes de Souza e Jaimisson da Silva Amorim deverão responder pelo crime de formação de quadrilha. Dois deles deverão ser indiciados por porte ilegal de arma de fogo e outros dois por tráfico de drogas. Há ainda acusações de roubo e tentativa de homicídio.

Assim que recebeu os acusados e os objetos ilícitos, o delegado de Polícia Civil do município comunicou a proprietária da motocicleta que ela deveria comparecer à delegacia para reaver o bem.

Com informações e imagens do site oaltoacre.com

comentários

Outras Notícias

Veja Também