Pesquisa Datafolha: Bolsonaro lidera, Haddad e Ciro empatados no segundo lugar


Jair Bolsonaro está em primeiro lugar na corrida presidencial com 26% das intenções de voto

EXAME ABRIL

Jair Bolsonaro está em primeiro lugar na corrida presidencial com 26% das intenções de voto, segundo o Datafolha divulgado nesta sexta-feira (14). Ele subiu dois pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, realizada na última segunda-feira (10).

Em seguida vêm empatados no segundo lugar Fernando Haddad e Ciro Gomes, cada um com 13% das intenções de voto. Mas enquanto Ciro manteve sua porcentagem de votos, Haddad subiu de 9% para 13% na semana em que foi confirmado como substituto de Luiz Inácio Lula da Silva como cabeça de chapa petista.

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)/Foto: Reprodução

Marina Silva segue caindo e está agora com 8%, contra 11% na pesquisa anterior. Em 22 de agosto, Marina tinha 16% das intenções de voto. Ou seja, perdeu metade de seu potencial eleitorado.

Geraldo Alckmin oscilou levemente para baixo, de 10% para 9%.

Intenção de voto no primeiro turno

Jair Bolsonaro – 26%

Fernando Haddad – 13%

Ciro Gomes – 13%

Geraldo Alckmin – 9%

Marina Silva – 8%

Alvaro Dias – 3%

Henrique Meirelles – 3%

João Amoêdo – 3%

Vera – 1%

Cabo Daciolo – 1%

Guilherme Boulos – 1%

A margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

O levantamento, encomendado pelo jornal Folha de São Paulo e pela Rede Globo, foi feito entre quinta (13) e sexta (14). Foram ouvidos 2.820 eleitores em 187 cidades.

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com Haddad: 41% contra 40%.

Já contra Ciro, Marina e Alckmin, Bolsonaro perderia. Ciro teria 45% dos votos, contra 38% de Bolsonaro. Marina teria 43% dos votos, contra 39% de Bolsonaro. Já Alckmin teria 41% dos votos, contra 37% de Bolsonaro.

Rejeição

Bolsonaro segue como o candidato mais rejeitado. Rejeição de eleitores que dizem não votar nele de maneira alguma cresceu, de 43% para 44%.

A segunda mais rejeitada é Marina Silva, com 30% de rejeição. Depois, vêm Haddad (26%) e Geraldo Alckmin (21%).

comentários

Outras Notícias

Veja Também